Agência de Desenvolvimento dos EUA e Governo do Rio alinham parcerias

Data 06/02/2020 11:49:31 | Assunto: Imprensa Oficial

Foram apresentadas oportunidades de investimentos no Estado 


Divulgação

 

 

Representantes do Governo do Rio de Janeiro e da Agência de Comércio e Desenvolvimento dos Estados Unidos (United States Trade and Development Agency – USTDA) reuniram-se para alinhar parcerias nas áreas de energia, infraestrutura e transporte.

 

Durante o encontro, acontecido durante essa semana, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, Lucas Tristão, apresentou as oportunidades de investimentos no Estado e entregou, para avaliação da agência, dezessete projetos, dos quais dez elaborados pela Secretaria para o setor de energia. Os projetos incluem estudos para instalação de fábricas de componentes para o setor fotovoltaico, eficiência energética em prédios públicos, desenvolvimento do potencial de biogás no Estado, implantação dos chamados corredores azuis, para ampliar o uso de gás natural nos veículos, dentre outros.

 

Além desses, foram apresentados também outros projetos nas áreas de mobilidade urbana, tecnologia, infraestrutura e saúde, envolvendo o Instituto Rio Metrópole, a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, a Secretaria de Infraestrutura e a Secretaria de Saúde.

 

- O Rio hoje é um lugar atrativo para investimentos. A reestruturação financeira, fiscal, regulatória tem colocado o Estado novamente no radar dos investidores. Prova disso é o grande número de empresas que temos recebido e manifestado o interesse de trazer seus empreendimentos para o Estado - afirmou Lucas Tristão.

 

Thomas Hardy, diretor-geral da USTDA, afirmou que percebe os esforços e as medidas tomadas pelo governo Wilson Witzel para garantir a segurança jurídica, melhorar o ambiente de negócios e atrair investimentos para o Estado.

 

- Estamos otimistas. Queremos fazer parte dessas mudanças, em uma parceria de longo termo. O fato de estarmos aqui é uma prova da nossa confiança - afirmou o executivo, acrescentando que os estudos de viabilidade técnico-econômica realizados em parceria com a USTDA são importantes para a tomada de decisão de investidores nos Estados Unidos.

 

Kristie Pellecchia, Consultora Sênior para o Hemisfério Ocidental do Development Finance Corporation, lembrou a sinergia entre empresas brasileiras e americanas.

 

- Temos um histórico de sucesso no Brasil, principalmente no setor de petróleo e gás. Essa cooperação tem garantido a troca de expertise, sobretudo tecnológica, entre Brasil e Estados Unidos. Todo projeto que vise a geração de emprego, renda, desenvolvimento e melhoria das condições da população é do nosso interesse - concluiu.

 

Os projetos apresentados pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Rio serão agora enviados para avaliação da equipe técnica da USTDA em Washington, Estados Unidos, e podem, no futuro, serem financiados com recursos norte-americanos.

 

- O grande legado do nosso governo será reestruturar o Rio de Janeiro e torná-lo novamente atrativo para investimentos - concluiu o vice-governador, Cláudio Castro.

 





Esta notícia foi publicada na Imprensa Oficial do Estado do Rio de Janeiro
http://www.ioerj.com.br/portal

Endereço desta notícia:
http://www.ioerj.com.br/portal/modules/news/article.php?storyid=9407