Hemorio é polo de vacinação contra a febre amarela

Data 21/03/2017 09:45:31 | Assunto: Diário Oficial

 A partir de hoje, serão disponibilizadas 500 doses por dia



 

A partir de hoje, o Hemorio, unidade da Secretaria de Saúde, é um posto de vacinação contra a febre amarela. Os voluntários à doação que efetivamente doarem sangue ou forem considerados inaptos, após passar por triagem clínica, vão receber a dose da vacina. Não será possível apenas se vacinar no hemocentro: o candidato à doação deve, necessariamente, passar pela triagem para receber a vacina.

– Essa foi uma estratégia montada pela secretaria para que possamos evitar o desabastecimento de sangue em todo o estado, já que a pessoa que se vacina contra a febre amarela deve ficar quatro semanas sem doar – disse o secretário de Saúde, Luiz Antônio Teixeira Jr.

O Hemorio tem capacidade para receber até 400 doadores por dia e abastece as emergências dos grandes hospitais da capital, maternidades e outras unidades de saúde. O hemocentro também envia sangue, quando necessário, para outras cidades. Com a vacinação em massa da população da Região Metropolitana, prevista para acontecer até o fim do mês, a tendência é que os estoques diminuam.

– Nessas quatro semanas, o vírus da febre amarela, que está presente na vacina, atenuado, ainda pode ser encontrado no sangue. Por isso, é de extrema importância que as pessoas doem sangue antes de serem vacinadas e a criação deste polo é uma solução eficiente para evitar esse desabastecimento – explicou o diretor-geral do Hemorio, Luiz Amorim.

Informações

Quem tomou a vacina contra a febre amarela há mais de quatro semanas, pode doar sangue normalmente. Quem teve a doença também, desde que esteja curado há mais de um ano.

Para doar sangue, é preciso ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 kg, estar bem de saúde e portar um documento de identidade oficial com foto. Jovens com 16 e 17 anos só podem doar sangue com autorização dos pais ou responsáveis legais. Não é necessário estar em jejum. Deve-se evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação e bebidas alcoólicas 12 horas antes.

Leia a notícia no Diário Oficial.





Esta notícia foi publicada na Imprensa Oficial do Estado do Rio de Janeiro
http://www.ioerj.com.br/portal

Endereço desta notícia:
http://www.ioerj.com.br/portal/modules/news/article.php?storyid=7648