Novos policiais vão reforçar a política de pacificação do Estado

Data 12/01/2012 09:20:32 | Assunto: Diário Oficial

Turma com 538 PMs formará efetivo da futura UPP dos complexos do Alemão e da Penha. A PM promoveu alterações no modelo do curso para dinamizar a qualificação dos novos policiais.



O Governo do Estado formou mais 538 novos policiais no Curso de Formação de Praçãs para atuar em Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs). A solenidade foi realizada ontem, no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), em Sulacap, na Zona Oeste do Rio.

Segundo o secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, a nova turma, depois de um estágio em unidades pacificadoras já instaladas, vai trabalhar na UPP dos complexos do Alemão e da Penha. As oito bases da futura UPP estão previstas para serem instaladas até o final do primeiro semestre deste ano.

- De turmas formadas anteriormente, já temos os efetivos que trabalharão nas futuras UPPs do Vidigal e da Rocinha - disse o secretário.

O governador Sérgio Cabral participou da solenidade e destacou que o concurso para o ingresso nesta turma foi muito concorrido: os formandos tiveram que vencer uma grande disputa pelas 538 vagas, já que mais de 70 mil candidatos participaram da seleção.




- Todos passaram por noites e noites de estudo, de preparo, por rigorosa pesquisa social e um severo treinamento físico. Tudo isso são etapas. Não é só um concurso na caneta e no papel, mas uma verdadeira maratona do conhecimento e do preparo físico. Parabéns a todos - afirmou Cabral.

O governador lembrou que a PM promoveu profundas alterações no modelo do curso para melhorar a qualidade de ensino e dinamizar o processo de qualificação de novos policiais.

- Teremos mais de sete mil policiais e continuaremos fazendo novos concursos. Conseguimos aumentar o efetivo da corporação de 41 mil para até 62 mil e vamos avançar - disse o governador.






Esta notícia foi publicada na Imprensa Oficial do Estado do Rio de Janeiro
http://www.ioerj.com.br/portal

Endereço desta notícia:
http://www.ioerj.com.br/portal/modules/news/article.php?storyid=700