Região do Complexo do Alemão ganha nova escola estadual

Data 04/02/2014 09:34:56 | Assunto: Diário Oficial

Alunos comemoraram a infraestrutura da unidade, que inclui laboratórios e piscina semi-olímpica



Com moderna infraestrutura, o Colégio Estadual Olga Benário Prestes tem ares de complexo educativo para os moradores do Alemão. A região atendida pelo colégio abrange comunidades como Baixa do Sapateiro, Nova Holanda e Vila dos Pinheiros (Complexo da Maré); Vila Cruzeiro (Complexo da Penha) e Nova Brasília (Complexo do Alemão), além da população de Ramos, Bonsucesso e do Morro do Adeus.

Segundo a diretora-geral da escola, Eurídice Francisco, a mudança traz renovação.

“É a certeza de que vamos poder oferecer um espaço melhor para nossos alunos, com os recursos de que eles precisam. O prédio novo ficou maravilhoso. Estava sonhando com o dia da inauguração e da volta às aulas, em que finalmente vejo os estudantes entrando na nova escola” disse a diretora.

Morador da comunidade Roquete Pinto, em Ramos, o aluno Marcos Sousa, de 16 anos, veio transferido de uma escola municipal no bairro. Feliz com as instalações, ele elegeu a piscina semi-olímpica e o laboratório de Química como os locais preferidos.

“Nunca estudei em um colégio com tanta estrutura” afirmou o jovem.

Já os amigos Victor Hugo de Freitas e Elias Santos, ambos de 16 anos, aprovaram as melhores condições do novo espaço para praticar esportes como o futebol. Morador do Parque União, no Complexo da Maré, Victor ressaltou que as salas refrigeradas vão permitir uma maior concentração dos alunos, contribuindo para melhorar o desempenho escolar.

“No outro prédio, mal tínhamos ventilador. É difícil prestar atenção em alguma coisa, suando, com um calor de 40 graus. Além disso, a quadra coberta é um diferencial, poderemos jogar independentemente do tempo. Na outra escola, não podíamos usar a quadra quando chovia ou quando fazia muito calor” explicou Victor.

Colégio formará técnicos em telecomunicações.

A proposta pedagógica do Colégio Estadual Hebe Camargo tem como objetivo a formação de técnicos em telecomunicações.

“Esta escola terá uma metodologia moderna. Seremos responsáveis pela contratação dos professores nas disciplinas técnicas, pelo gerenciamento da consultoria pedagógica. Vamos oferecer, inclusive, o acervo da biblioteca e toda a infraestrutura de telecomunicações, incluindo equipamento de telefonia, fibra ótica, infraestrutura via satélite” explicou o presidente da Embratel, José Formoso.

De acordo com a apresentadora Xuxa Meneghel, a unidade trará oportunidades para muitos jovens que não teriam condições financeiras de se qualificar no setor de telecomunicações.

“Estou muito entusiasmada. É uma grande oportunidade para estes alunos” disse Xuxa.

Para Karina Barbosa de Almeida, de 15 anos, aluna da 1º série do Ensino Médio, a chance de estudar em uma escola de qualidade era a oportunidade de que precisava.

“Estou muito feliz de entrar neste colégio, a estrutura é muito boa. A parte técnica será importante também para que eu possa me preparar para o mercado de trabalho” afirmou a jovem moradora de Campo Grande.


Leia a matéria no Diário Oficial





Esta notícia foi publicada na Imprensa Oficial do Estado do Rio de Janeiro
http://www.ioerj.com.br/portal

Endereço desta notícia:
http://www.ioerj.com.br/portal/modules/news/article.php?storyid=3742