Logotipo IOERJPágina Principal
terça, 29 de setembro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Imprensa Oficial : Imprensa Oficial do Estado do Rio de Janeiro assume diretoria regional da Abio Sudeste
em 13/04/2011 12:20:00 (3608 leituras)


O diretor-presidente da Imprensa Oficial do Estado do Rio de Janeiro, Haroldo Zager Faria Tinoco, é o novo diretor regional da Associação Brasileira de Imprensas Oficiais – Abio para o Sudeste, conforme resultado da eleição da semana passada realizada em São Paulo, que elegeu o diretor-geral da Imprensa Nacional, Fernando Tolentino, para presidir a entidade. Além de Tolentino na presidência e Haroldo Zager na diretoria regional do Sudeste, a composição da nova diretoria é a seguinte, para o mandato de 2011/2013:


Primeiro vice-presidente: Luiz Gonzaga Fraga, Bahia; Segundo vice-presidente: Terezinha Debatin, Santa Catarina; Secretário-Geral: Luiz Eduardo Oliva, Sergipe. Conselho Fiscal: Carlos Alberto Pavan, Minas Gerais; Ademir Rodrigues, Espírito Santo e Marcos de Souza, Rio Grande do Norte. As diretorias regionais ficaram definidas assim: Centro-Oeste, Luís Armando Vitório, Mato Grosso; Norte, Cláudio Rocha, Pará; Nordeste, Ricardo Melo, Pernambuco; Sul: Homero Paim, Rio Grande do Sul; Sudeste, Haroldo Zager, Rio de Janeiro.


A presidência da Rede de Boletins Oficiais da América passa a ser ocupada pelo presidente da Imprensa Oficial de São Paulo, Marcos Monteiro. Para a diretoria da América Latina o nome escolhido foi o do presidente da Imprensa Oficial do Rio Grande do Sul, Homero Paim.


Cabe à Abio buscar a valorização das imprensas oficiais, promover a troca de informações e experiências entre esses órgãos, inclusive as instituições congêneres dos países de língua portuguesa e da América e defender a manutenção da obrigatoriedade de publicação nos diários oficiais dos balanços de empresas públicas e privadas, como forma de assegurar transparência, perenidade, legalidade e cidadania.


Na foto, Fernando Tolentino, entre Luiz Gonzaga Fraga e Luiz Eduardo Oliva.


Imprimir