Logotipo IOERJPágina Principal
sábado, 17 de agosto de 2019
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Cadastre-se agora.
Notícias
Diário Oficial : Equipe da Operação Lei Seca e Secretária de Desenvolvimento Social participam de ação contra feminicídio
em 26/02/2019 10:21:50 (712 leituras)




No último domingo (24/2), durante o Brasil Open de Jiu-Jitsu da SJJSAF (Sport Jiu-Jitsu South American Federation), todas a mulheres presentes à Arena Carioca 1, no Parque Olímpico da Barra, foram convidadas à área de luta para um abraço simbólico ao tatame. A secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Fabiana Bentes, e a equipe feminina da Operação Lei Seca (OLS), sob o comando da coordenadora Verônica Oliveira, participaram do evento ao lado de personalidades do mundo da luta, como Thales Leites (ex-UFC), Fernando Pinduka, Sérgio Bolão, Luiz Carlos "Manimal", Roberto Roleta e Tayane Porfírio.


- É importante que todo evento de jiu-jitsu, seja uma competição, um seminário ou um workshop, tenha sempre um viés social e educativo. Nós, coletivamente como uma Federação de Jiu-Jitsu somos formadores de opinião e individualmente como educadores formamos caráter e temos responsabilidade social. De forma alguma poderíamos nos omitir em relação ao que aconteceu àquela mulher na Barra (espancada durante 4h por um jovem). Nós não compactuamos com nenhum tipo de violência, seja física, psicológica ou moral. Agora, é importante também fazermos um alerta à mídia que tem associado indevidamente pessoas que cometem delitos fora dos tatames ao Jiu-jítsu, quando na verdade outras milhares de vidas são salvas pelos benefícios da prática do Jiu-jítsu - ressaltou o presidente da SJJSAF, Cleiber Maia.

Durante toda a manhã, a equipe da Operação Lei Seca fez um trabalho de conscientização com o público presente e depois participou da ação contra o feminicídio. A delegada Verônica Oliveira ressaltou a importância de dar apoio a essas manifestações.

- A causa é nobre e fico satisfeita de poder contribuir e trazer a equipe feminina da Operação Lei Seca. Precisamos dar um basta à violência em todas as esferas. A Federação está de parabéns pelo evento e pela iniciativa deste ato contra o feminicídio. A Operação Lei Seca apoia toda manifestação cultural de combate à violência aos grupos de pessoas vulneráveis. Assim como o esporte, a Lei Seca salva vidas! - disse Verônica.

A secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos contou, durante o evento, ter frequentado a academia do mestre Carlson Gracie, em Copacabana.

- O Carlson era uma pessoa espetacular.  A SJJSAF está de parabéns por essa iniciativa de combate à violência, em defesa da mulher - disse Fabiana.
Imprimir