Logotipo IOERJPágina Principal
quarta, 23 de setembro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Centro Presente cumpre 510 mandados de prisão
em 15/09/2017 10:14:35 (344 leituras)


 

A Operação Centro Presente ultrapassou a marca de 510 mandados de prisão cumpridos. Deste total, 165 foram por roubo, 68 por furto, 50 por homicídio e 60 por tráfico de drogas. O reforço no patrulhamento é feito diariamente por 522 policiais militares da ativa, da reserva e agentes civis egressos das Forças Armadas. A área de atuação da operação vai da Praça Mauá até a Candelária, passando pela Praça XV, Largo da Carioca, Rua Uruguaiana, Sete de Setembro e Avenida Presidente Vargas até a Praça Onze.

 – Os nossos policiais são dinâmicos e proativos. Realizamos frequentemente o trabalho de abordagem, e isso é fundamental para o sucesso na captura de foragidos da Justiça. Com ações diárias, ajudamos também a reduzir outros índices de criminalidade. Constantemente ouvimos de frequentadores da região, turistas e comerciantes sobre a melhora na sensação de segurança – disse o capitão Marcos Machado, coordenador da base Central do Brasil da operação.

Queda de crimes

Desde que a Operação Centro Presente foi iniciada, em 4 de julho de 2016, o roubo a pedestre foi reduzido consideravelmente. No primeiro trimestre deste ano, a queda chegou a 92%. Também houve uma diminuição no número de registros de roubo de celular: a redução chegou a 92% no mês de fevereiro, comparando com o mesmo período do ano anterior.

Monitoramento

As equipes utilizam câmeras para filmar as abordagens e são monitoradas por GPS, dando mais credibilidade às ações. A operação funciona de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22h, e sábado e domingo, das 8h às 20h.

Vários órgãos atuam de forma integrada: PM; Polícia Civil; Comando Militar do Leste; Guarda Municipal; secretarias municipais de Ordem Pública, de Desenvolvimento Social, de Conservação, e de Transportes; Superintendência Municipal do Centro da Cidade; e Comlurb.

Leia a notícia no Diário Oficial.

Imprimir