Logotipo IOERJPágina Principal
quarta, 30 de setembro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Bombeiros preparam recepção especial para crianças autistas
em 05/05/2017 09:38:24 (353 leituras)


 

Cento e cinquenta crianças autistas participaram, nesta quinta-feira (4/5), da segunda edição do evento “Bombeiro por um dia”, promovido pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ), em parceria com a ONG Mundo Azul e o apoio do Instituto Priorit. O Complexo de Ensino Coronel Sarmento, em Guadalupe, foi palco de atividades lúdicas supervisionadas, que aproximaram os pequenos do dia a dia dos militares da corporação.

As crianças curtiram o muro de escalada, a pista de cordas e deram uma volta em uma viatura dos bombeiros. Também houve oficina com cães, demonstração de material operacional e recreação. O ponto alto foi o simulado operacional, que incluiu um resgate com rapel, combate a incêndio na torre, plano inclinado, tanque em chamas e rapel invertido com bombeiros e personagens infantis.

– É uma enorme satisfação realizar mais uma edição deste evento, que promove socialização por meio de atividades que fazem parte da rotina dos bombeiros. No ano passado, disponibilizamos 60 vagas para crianças autistas. Este ano, foram 150. No ano que vem, pretendemos ampliar ainda  mais o projeto – afirmou o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Ronaldo Alcântara.

SONHO REALIZADO

Danielle da Silva Nascimento levou o filho Marcus Vinícius, de 10 anos, para conhecer de perto o trabalho dos bombeiros, que são seus heróis. Ele andou na viatura da corporação e participou das oficinas.

– Estou realizando o grande sonho do meu filho. Desde pequeno, ele diz que quer ser bombeiro. Esse tipo de atividade é muito importante porque permite que ele interaja com o meio, com a sociedade. As oficinas mostram que é preciso se esforçar para alcançar objetivos, mas que nada é impossível  enfatizou Danielle.

Pedro Pereira, de 10 anos, era um dos mais animados com as oficinas.

– Meu sonho é apagar todos os incêndios e salvar as pessoas – disse Pedro.

Denise Aragão, da ONG Mundo Azul, reforçou a relevância de eventos deste tipo como ferramenta para a conscientização sobre o autismo.

– O objetivo é mostrar a importância da inclusão social das crianças como forma de elevar sua qualidade de vida – afirmou Denise.

Leia a notícia no Diário Oficial.

Imprimir