Logotipo IOERJPágina Principal
sexta, 25 de setembro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Lei Seca comemora oito anos com missa na Candelária
em 21/03/2017 09:36:07 (415 leituras)




A Operação Lei Seca completou, no domingo (19/3), oito anos. Para comemorar a data, foi celebrada uma missa em ação de graças ontem, na Igreja de Nossa Senhora da Candelária. A cerimônia foi aberta ao público e teve a participação do Coral do Detran-RJ.

– A Operação Lei Seca conseguiu cumprir e cumpre seu papel, interagindo no cotidiano das pessoas e provocando uma mudança de comportamento social. Hoje, temos uma redução de 28% dos óbitos no trânsito, são números muito expressivos que provam que quando o poder público faz a sua parte e a sociedade contribui e participa efetivamente, conseguimos mudar uma realidade tão drástica que era a do trânsito brasileiro – disse o coordenador-geral da operação, tenente-coronel Marco Andrade.

Após a missa em ação de graças, os agentes realizaram uma operação de conscientização no Centro do Rio. O agente cadeirante Thayrone Amaral de Souza, de 26 anos, participou da ação e contou sua história.

– Peguei minha moto na virada do ano de 2008, após ingerir muito álcool para ir até a casa da minha namorada. Sofri um grave acidente e tive uma lesão irreversível na coluna. No primeiro momento foi muito difícil aceitar, mas graças a Deus consegui dar a volta por cima. Hoje, tenho muito orgulho em trabalhar com a Operação Lei Seca e ajudar a salvar vidas – afirmou o agente da Lei Seca.

Já o agente Orlando da Silva, de 41 anos, nunca bebeu e foi vítima indireta.

– Não sou contra quem beba, mas precisa ter responsabilidade. Estou numa cadeira de rodas pela inconsequência de um amigo que dirigia bêbado e me dava carona. Álcool e direção não se misturam, e é muito gratificante poder trabalhar nesta conscientização, evitando novas vítimas indiretas – contou Orlando.

Referência

A Operação Lei Seca do Rio de Janeiro hoje é referência para 20 estados do Brasil. O número de motoristas embriagados flagrados caiu 43% no estado desde o início da atuação, em 19 de março de 2009. Quando começou a operação, o percentual de motoristas abordados alcoolizados era de 7,9%, caindo para 4,5% oito anos depois. No período, foram feitas mais de 17 mil blitzes e 2,4 milhões de motoristas foram abordados. Desse total, cerca de 167 mil apresentavam sinais de embriaguez e tiveram suas carteiras de habilitação recolhidas.

Leia a notícia no Diário Oficial.

Imprimir