Logotipo IOERJPágina Principal
quinta, 27 de fevereiro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Governo lança campanha de combate ao Aedes aegypti
em 13/02/2017 09:15:34 (460 leituras)


 

O Rio de Janeiro tem um novo herói: Dezinho, um menino típico carioca que chegou para ensinar crianças, jovens e adultos sobre a importância da mobilização popular no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. Lançado na sexta-feira (10/2), o personagem já recebeu o apoio de jovens e artistas, como os cantores Naldo Benny e Neguinho da Beija Flor, que criaram composições especialmente para o novo herói. A Cidade do Samba foi o palco do lançamento do personagem.

– Nosso personagem vai ensinar a todos que bastam dez minutos, uma vez por semana, para vistoriar nossas casas e eliminar possíveis focos do mosquito, evitando a água parada. Por conta da crise financeira, decidimos este ano por uma campanha criativa e colaborativa, utilizando a internet e o celular como principais meios de comunicação – afirmou o secretário de Saúde, Luiz Antonio Teixeira Jr.

Grandes protagonistas na missão de conscientizar a todos sobre a necessidade da mobilização popular, as crianças mostraram que já estão prontas para ensinar sobre o perigo que o mosquito representa. Pequena passista do projeto social Sonho do Beija Flor, da agremiação de Nilópolis, Kevelyn, de 6 anos, mostrou que já sabe como combater o vilão transmissor de doenças.

– Gostei do Dezinho. Na minha casa, a gente não deixa nenhum lugar com água parada – contou Kevelyn.

Salas de aula

Dezinho esteve também, na sexta-feira, no Colégio Estadual Pedro Álvares Cabral.

– A campanha tem o nosso apoio. Os poderes de convencimento e de mobilização da garotada serão fundamentais – disse o secretário de Educação, Wagner Victer.

O herói

O herói ganhou vida pelo traço do ilustrador e designer Luciano Freitas, da equipe da Secretaria de Saúde, e o objetivo é que possa ser utilizado por todas as prefeituras e outros órgãos que queiram promover o engajamento em ações de vigilância em Saúde. Materiais para imprimir – como panfletos e um jogo dos 10 erros interativo – e adesivos Morador Nota 10 para serem colados nas residências durante visitas dos agentes da Vigilância estão disponíveis com licença Creative Commons (sem limitações de direitos autorais) no site www.riocontraoaedes.com.br .

Além do material disponível no site, também estão livres para download tirinhas em quadrinhos com as aventuras do Dezinho e sua família, GIFs animadas e vídeos, para postar nas redes sociais e compartilhar pelo Whatsapp. Tudo com dicas de como combater o mosquito no dia a dia. O personagem também vai percorrer diferentes regiões do estado nas ações de prevenção à dengue, zika e chikungunya. Nas próximas semanas, os compromissos do Dezinho ainda incluem visitas a colégios estaduais, em uma parceria com a Secretaria de Educação.

Dados sobre as doenças

De acordo com a Subsecretaria de Vigilância em Saúde, no período de 1º de janeiro a 1º de fevereiro, foram notificados 901 casos suspeitos de dengue, 47 casos de zika e um caso de chikungunya. As notificações foram compiladas a partir dos dados inseridos no Sistema Nacional de Agravos de Notificação (Sinan) pelos municípios de todo o estado.

– A mobilização da sociedade é fundamental para evitar a proliferação do mosquito – explicou Alexandre Chieppe, subsecretário de Vigilância em Saúde.

Leia a notícia no Diário Oficial.


Imprimir