Logotipo IOERJPágina Principal
sábado, 25 de março de 2017
Menu
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Cadastre-se agora.
Notícias
Diário Oficial : Tecnologia reforça a segurança de banhistas
em 11/01/2017 09:15:55 (64 leituras)


 

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio conta com equipamentos de salvamento e a tecnologia de drones para garantir o socorro aos banhistas nos dias de praia cheia. Mil e duzentos guarda-vidas atuam nas areias e no mar na prevenção e atendimento a vítimas de afogamento desde o início da Operação Verão, que começou oficialmente no dia 27 de dezembro e já realizou mais de 10 mil salvamentos até o último domingo (8/1).

O trabalho de prevenção tem tido sucesso com o uso de três drones de monitoramento, que também auxiliam no socorro a vítimas de afogamento por meio de uma boia. No caso da prevenção, a tecnologia empregada capta imagens que fazem com que os guarda-vidas se desloquem para orientar ou convocar, por meio do uso de apitos, os banhistas a saírem de áreas perigosas no mar.

– Os drones facilitam muito o trabalho preventivo nas areias e no mar. Com as imagens, podemos orientar banhistas, evitando situações de risco iminente de afogamento – explicou o comandante das Atividades de Salvamentos Marítimos do Corpo de Bombeiros do Estado, coronel Marcelo Pinheiro.

Para agilizar o atendimento à população no estado, os guarda-vidas também contam com 29 motos aquáticas, 21 botes infláveis de resgate, 11 lanchas, além de quatro aeronaves de salvamento com puçá (grandes cestos de transporte de vítimas) e veículos para atendimento hospitalar.

– As motos aquáticas, por exemplo, são ferramentas fundamentais para auxiliar na retirada de banhistas do mar, sejam os já em situação de afogamento ou os que estão se encaminhando para alguma área de perigo – disse o coronel.

Efetivo de guarda-vidas é reforçado

A corporação está com um reforço de 50% do efetivo até março e conta ainda com 50 guarda-vidas em período de estágio.  A distribuição de todo o aparato acontece de acordo com o número de visitantes de cada ponto da orla, especialmente da capital. A equipe da Operação Verão recebe uma gratificação de R$ 1 mil mensais.

O Corpo de Bombeiros também instalou postos em madeira nas praias da Barra, Recreio, Copacabana e Niterói, que permitem a melhor visualização de banhistas no mar e servem como ponto de referência para a prestação de atendimentos de primeiros socorros e de crianças perdidas, além de protegerem os guarda-vidas das ações do vento e do sol.

Orientações

O comandante das Atividades de Salvamentos Marítimos do Corpo de Bombeiros, coronel Marcelo Pinheiro, fez um alerta para que os banhistas sigam as orientações dos guarda-vidas.

– É muito importante que obedeçam as sinalizações (bandeiras) que indicam correnteza e perigo. Também é fundamental que a população respeite o apito que indica risco. Também é bom evitar bebidas alcoólicas ao mergulhar e não se afastar para águas profundas. Conselho aos mais jovens: evitem pular de pedras e mergulhar de cabeça em locais de pouca profundidade – disse o comandante das Atividades de Salvamentos Marítimos.

Leia a notícia no Diário Oficial.

Imprimir