Logotipo IOERJPágina Principal
segunda, 6 de julho de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Escolinhas Irmãos Nogueira chegam à Zona Norte do Rio
em 22/09/2016 09:33:34 (467 leituras)


 

A Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude inaugurou mais três núcleos do projeto Luta: Escola da Vida em comunidades da Zona Norte do Rio de Janeiro. O núcleo da Mangueira, especializado em luta livre, funciona na Vila Olímpica da localidade e já conta com 25 inscritos. Já o núcleo do Complexo do Alemão, com 95 alunos, além desta modalidade, também é voltado para o muay thai e o jiu-jítsu. Ainda há mais um núcleo na Vila Cruzeiro, com a oferta de luta livre e jiu-jítsu e 60 matriculados.

Referências dos octógonos, os irmãos Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro encabeçam a escolinha. Eles desenvolveram toda a metodologia aplicada no ensinamento das artes marciais. Em todos os núcleos, os professores são qualificados pela própria Team Nogueira, responsável por revelar Anderson ‘Spider’ Silva. De acordo com a demanda de cada um dos polos, as seis modalidades oferecidas – judô, jiu-jítsu, MMA, muay thai, boxe e luta livre – foram distribuídas.

– O projeto cresceu. Agora são seis núcleos. Isso significa um aumento de oportunidades. Os alunos têm a chance de treinar em uma escola bem equipada e seguir o caminho do bem, por meio do esporte – afirmou Rogério Minotouro.

O projeto das Escolinhas Irmãos Nogueira teve início na Baixada Fluminense. No último dia 13, Duque de Caxias e Nova Iguaçu ganharam núcleos. Somente nestas duas cidades, já são cerca de 500 pessoas beneficiadas em um total de 900, que é a meta da iniciativa. A expansão ainda contemplará a comunidade do Terreirão, na Zona Oeste. A previsão é de que o núcleo seja inaugurado até o mês que vem com aulas de jiu-jítsu, judô, boxe, wrestling e MMA.

– O Minotauro e o Minotouro são referências de perseverança e exemplos para a vida de cada um dos alunos – disse o secretário Marco Antônio Cabral.

Padrinhos que servem de inspiração

Foi por meio de um anúncio com a foto do Minotauro que Weverton dos Santos, de 12 anos, teve despertado o seu interesse para o jiu-jítsu. O adolescente já participa de competições, e um dos títulos mais recentes foi o bronze em um torneio na Ilha do Governador.

– Sempre adorei esportes. Fiz uma aula de jiu-jítsu e gostei. Acho que o que mais melhorou na minha vida foi o comportamento. Antes, fazia bagunça na escola e agora estou mais calmo – afirmou Weverton.

Moradora do Complexo do Alemão, Ellen Beatriz de Melo se inscreveu esta semana na luta livre.

– Já queria fazer uma luta e minha cunhada me avisou sobre o projeto. Já tive a primeira aula e achei interessante. Os professores são bem legais. Vou aproveitar o tempo vago para melhorar o meu preparo físico – disse Ellen.

Leia a notícia no Diário Oficial.

Imprimir