Logotipo IOERJPágina Principal
segunda, 6 de julho de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Baixada Fluminense ganha dois núcleos da Escolinha Irmãos Nogueira
em 14/09/2016 09:20:36 (440 leituras)


 

A Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude inaugurou, ontem, os dois primeiros núcleos da Escolinha Irmãos Nogueira – Luta: Escola da Vida. As cidades de Duque de Caxias e Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, receberam, cada uma, um núcleo do projeto, que é fruto de uma parceria com a Team Nogueira, dos irmãos Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro. Com capacidade para atender 280 alunos, o núcleo de Caxias funciona no Instituto IDE, no bairro de Jardim Gramacho, enquanto o de Nova Iguaçu conta com 250 inscritos.

– Este projeto abrange seis núcleos, com material esportivo de qualidade e uniforme para todos. Temos como ídolos e padrinhos os irmãos Nogueira, dois grandes lutadores da história do MMA e vistos como referências para estas crianças e jovens.  Estamos orgulhosos de inaugurar mais um projeto de escolinhas de atletas, as quais acreditamos muito, por entender que os ídolos estimulam a criança a permanecer no projeto e, assim, se desenvolver como ser humano – afirmou o secretário de Esporte, Lazer e Juventude, Marco Antônio Cabral.

Em Gramacho, as aulas são voltadas para o boxe e o judô. Já em Nova Iguaçu, as modalidades ofertadas são o jiu-jítsu, boxe e o MMA. A faixa etária é aberta a partir dos cinco anos. É preciso estar matriculado e com boa frequência escolar.

– Vimos que muitos medalhistas dos Jogos Olímpicos Rio 2016 saíram de projetos socais. Temos um grande exemplo disso, que é a Rafaela Silva, do judô, medalha de ouro e veio da Cidade de Deus. Isso é a cara do Brasil, que acredita em projetos sociais. Temos muitos professores em comunidades do Rio de Janeiro e nós enxergamos esses talentos. A Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude acreditou no projeto e, com estes seis núcleos, os alunos terão aulas com a nossa metodologia – contou Minotouro.

Moradores comemoram

Islanne Souza, de 17 anos, pratica as duas modalidades de artes marciais do núcleo de Gramacho. Moradora da região, a jovem acredita que pode ter um futuro melhor por meio do esporte.

– Sempre me interessei por lutas e logo me inscrevi para o projeto – contou a adolescente, que está no 2° ano do Ensino Médio.

Gean Pierre diz que já aprendeu alguns movimentos de luta. Mas a principal lição está na ponta da língua em vez das mãos.

– O mestre diz que, para aprender é preciso errar. Acho que vou ter mais responsabilidade – disse o jovem, de 13 anos.

Wagner Gomes mora no bairro Nova Era, em Nova Iguaçu. Com 17 anos, o jovem, que é praticamente do boxe, afirma que sua realidade já mudou desde que iniciou no esporte.

– Aprendi que é necessário respeitar minha mãe em casa. Antes, só queria ficar na rua. Agora, sinto que estou mais concentrado – afirmou Wagner, que é fã de outro ícone do MMA, Anderson Silva.

Próximas beneficiadas

As próximas comunidades que receberão, ainda este mês, núcleos da Escolinha Irmãos Nogueira são a Mangueira, Complexo do Alemão, Vila Cruzeiro, todas na Zona Norte do Rio, e o Terreirão, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste da cidade. Ao todo, serão cerca de 900 beneficiados com a mais recente iniciativa do Estado, totalmente voltada para as lutas: judô, jiu-jístu, MMA, muay thai, boxe e luta livre.

Leia a notícia no Diário Oficial.

Imprimir