Logotipo IOERJPágina Principal
segunda, 6 de julho de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Professor representa o Brasil nos Jogos
em 09/09/2016 09:32:10 (489 leituras)


 

O dia a dia de sala de aula, apito no pescoço e de trabalho no ginásio, tão comum para Paulo Cabral, ficou de lado. Professor de Educação Física da rede estadual há 23 anos, ele entrou no campo de futebol do Estádio de Deodoro para realizar o sonho de representar o Brasil na 15ª edição dos Jogos Paralímpicos, como técnico da seleção de Futebol de 7, modalidade praticada por atletas com paralisia cerebral. No primeiro desafio da competição, o Brasil ganhou da Grã-Bretanha por 2 a 1, ontem.

–  Foi um jogo difícil como a gente esperava, como sempre é uma partida de estreia. Agora vamos seguindo jogo a jogo, não tem mais seleção fraca. Fora que todo mundo quer ganhar do Brasil, principalmente se for em casa – disse Paulo.

O docente, que leciona no Colégio Estadual Professor Fernando Antônio Raja Gabaglia, em Campo Grande, começou a trabalhar com o paradesporto em 1983, quando participou dos Primeiros Jogos Brasileiros de Paralisia Cerebral como estagiário em um projeto social com crianças especiais.

Em 2012, Paulo Cabral foi convidado pela Associação Nacional de Desporto para  Deficiente (Ande) para ser treinador da Seleção de Futebol de 7, categoria Sub-20, e participou dos Jogos Parapan-Americanos de Jovens. Com a vitória da equipe, surgiu a oportunidade de trabalhar como preparador físico da seleção principal. Em 2015, veio o convite para o grande desafio: dirigir a equipe principal em Toronto, no Canadá, no Pan-Americano. O time conquistou a medalha de ouro.

– Qualquer medalha paralímpica seria uma conquista importante, mas se vier o ouro, vai ser melhor ainda. Ainda mais que o Brasil não tem essa medalha – afirmou o técnico.

Os próximos desafios da seleção brasileira na competição são Irlanda e a Ucrânia, atual vice-campeã mundial.

Leia a notícia no Diário Oficial.

Imprimir