Logotipo IOERJPágina Principal
segunda, 6 de julho de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Aplicativo Delegacia Online registra quase 5 mil downloads
em 02/09/2016 10:03:11 (517 leituras)




Lançado há uma semana, o aplicativo de celular para registros de ocorrência Delegacia Online, da Polícia Civil, já obteve 4.528 downloads. Disponível para Android e iOS, a ferramenta desenvolvida pelo Departamento Geral de Tecnologia da Informação e Telecomunicações (DGTIT) agiliza a comunicação de crimes (exceto os de homicídio, roubo e furto de veículos, sequestro  e extorsão mediante sequestro), assim como o extravio de documentos e denúncias anônimas.

– Tínhamos a expectativa de uma boa recepção porque hoje em dia as pessoas estão muito conectadas. Os aplicativos atualmente são mais usados que os computadores. Colocamos a ferramenta no ar para atrair os que eventualmente poderiam não comunicar um crime – afirmou o diretor do DGTIT, delegado Fábio Ferreira.

Ao acessar o aplicativo, o cidadão poderá optar pelos itens Comunicação de Ocorrência, Extravio (perda) de Documentos, Denúncia do Bairro, entre outros registros, e preencher o formulário com dados pessoais e informações sobre o ocorrido.

Ao fazer o pré-registro no aplicativo, o denunciante deve descrever o fato e escolher a delegacia mais próxima onde deseja ser atendido.

Dependendo da qualidade e da quantidade de informações descritas pelo cidadão no aplicativo, será possível começar a investigação a partir daquele ponto. De acordo com a complexidade do caso ou se houver necessidade de uma representação da pessoa, o delegado comunica à vítima que escolhe, pelo aplicativo, data e hora para ir à delegacia.

Também é possível fazer denúncias anônimas sobre depósitos de armas e drogas, violência contra a mulher, entre outros assuntos. A Polícia Civil garante o sigilo.

O Delegacia Online também permite que o cidadão entre em contato com a Central de Atendimento ao Cidadão (CAC). A população pode tirar dúvidas, fazer elogios ou reclamações.

Leia a notícia no Diário Oficial.

Imprimir