Logotipo IOERJPágina Principal
sexta, 18 de setembro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Esquema de segurança para os Jogos já está nas ruas
em 26/07/2016 09:04:19 (489 leituras)




Desde domingo (24/7), 47 mil homens de diversas Forças de Segurança ocupam pontos estratégicos na cidade do Rio de Janeiro para os Jogos Olímpicos, que começam no dia 5 de agosto. A integração das Forças está prevista no Plano Tático Integrado (PTI), elaborado de forma conjunta e que agora é colocado em prática.

Os Jogos Rio 2016 contam com efetivo da Polícia Militar, composto por aproximadamente 21 mil homens, além de dois novos helicópteros. Já a Polícia Civil atua com mais 5,6 mil agentes, além de 440 bombeiros/dia.   A Polícia Rodoviária Federal conta com um total de 10 mil homens em todo o país, sendo 2,5 mil empregados nos Jogos. Destes, 500 são motociclistas e 200 estão disponíveis para pronto emprego e controle de distúrbios. A Polícia Rodoviária Federal tem ainda cinco helicópteros de policiamento e resgate aeromédico preparados para uso.

As Forças Armadas atuam com cerca de 22 mil militares. Destes, 4.713 estão em Deodoro, 2.169 no Maracanã, 5.847 em Copacabana e 2.002 na Barra da Tijuca. Quinhentos e trinta militares da FAB (Força Aérea Brasileira) também estão a postos, além de 146 militares distribuídos no Parque Nacional da Tijuca. Estão sendo usados 60 navios e embarcações, 1.169 viaturas, 70 blindados, 34 helicópteros e 174 motocicletas. Os militares também ocupam vias expressas importantes como as Linhas Vermelha e Amarela, a Transolímpica e parte da Avenida Brasil. Os profissionais estão presentes ainda em  sete estações ferroviárias, na orla do Rio e em algumas estruturas estratégicas de energia elétrica, telecomunicações, água e abastecimento.

No Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), cerca de 400 novos profissionais passaram a circular nos últimos dias. Eles compõe o Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICC-R) e, em escalas, contemplando as 24 horas/ dia e os sete dias por semana, sendo responsáveis por acompanhar as ações de segurança a partir do Centro Integrado de Comando e Controle Regional. Imagens provenientes das mais de 5 mil câmeras estão disponíveis para acesso no vídeowall, que dispõe ainda de informações em tempo real do software especialmente desenvolvido para os Jogos. Nele estão, além de matriz de eventos – onde cada uma das instituições relatam suas funções em campo – um mapa de localização de câmeras e acompanhamento remoto dos acontecimentos nas quatro regiões olímpicas (Copacabana, Barra da Tijuca, Deodoro e Maracanã), assim como locais de interesse, como a rodoviária, os aeroportos e os live sites, como o Boulevard Olímpico.

Na prática

 – Chegou a hora de colocarmos em prática todo o treinamento dos últimos anos, sendo que agora em período integral. Estou plenamente confiante. O Centro Integrado de Comando e Controle é o ambiente ideal para este trabalho. Temos uma longa experiência acumulada tanto em eventos cíclicos, como carnaval e réveillon, como em grandes eventos: Copa da Confederações, Rio +20, Jornada Mundial da Juventude e Copa do Mundo. Em cada um deles conquistamos não só um conhecimento sobre a importância da integração, como a aprovação da população e dos turistas, no que diz respeito à segurança – disse o secretário de Segurança, José Mariano Beltrame.

Leia a notícia no Diário Oficial.

Imprimir