Logotipo IOERJPágina Principal
quarta, 30 de setembro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Alunos de escolinha de tênis serão boleiros nas Olimpíadas
em 14/07/2016 09:17:42 (546 leituras)




Mais do que participar da maior competição esportiva mundial, sete alunos da Escolinha de Tênis Fabiano de Paula, na Rocinha, terão a oportunidade de atuar como boleiros durante as partidas da modalidade nos Jogos Olímpicos. O grupo composto por rapazes de 14 a 18 anos foi selecionado pela equipe técnica do projeto da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, de acordo com critérios como experiência e comportamento nas aulas.

– Com pouco mais de um ano de funcionamento da Escolinha Fabiano de Paula, a participação destes meninos nos primeiros Jogos Olímpicos da América do Sul é motivo de muito orgulho para a Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude. Nosso principal objetivo é plantar a semente do esporte em cada criança e jovem – disse o secretário Marco Antônio Cabral.

Os sete que irão representar a Escolinha de Tênis Fabiano de Paula nos Jogos Rio 2016 são Christian Torres, Gabriel Paiva, Luiz Carlos Medeiros, Matheus Oliveira, Pedro Torres, Gabriel Lima e Daniel Melo. A unidade funciona no Parque Ecológico da Rocinha desde fevereiro de 2015 e, atualmente, conta com 220 alunos.

Experiência na maior competição esportiva do mundo

O boleiro ajuda na reposição rápida da bola em jogo. A função é o primeiro contato com o esporte profissional. Além da experiência, o fato de estar lado a lado com grandes nomes da modalidade gera ansiedade entre os meninos. Os sete selecionados passarão por um período de treinamento no Centro Olímpico de Tênis, localizado no Parque Olímpico, onde serão as partidas.

Com 14 anos, Gabriel Lima está ansioso com a experiência.

– Estou com um frio na barriga só de pensar nessa oportunidade. Quero muito ver o Roger Federer, pois para mim, ele é o melhor jogador atualmente. Um bom boleiro precisa, além de correr bem, dar a bola certa para o jogador e ter uma boa movimentação em quadra – afirmou Gabriel, que atua como boleiro em um clube no Grajaú, na Zona Norte do Rio.

Luiz Carlos Medeiros foi um dos primeiros alunos da Escolinha Fabiano de Paula. Desde 2015, vem se destacando a ponto de participar de torneios, alguns deles fora do estado.

– Estar dentro de quadra com os melhores nomes do tênis será uma experiência única. Quando fomos ao evento-teste, conhecemos a arena – disse o adolescente de 16 anos, morador da Rocinha.

O largo sorriso de Gabriel Paiva revela que o jovem está prestes a realizar um sonho.

– Talvez essa seja uma daquelas oportunidades que não irão se repetir. Não sei se o Novak Djokovic vai estar aqui no Rio, mas estou torcendo para conhecê-lo – contou Gabriel, de 18 anos.

Leia a notícia no Diário Oficial.

Imprimir