Logotipo IOERJPágina Principal
sexta, 25 de setembro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Projeto Mais leitura completa 5 anos este mês
em 12/07/2016 09:11:44 (533 leituras)




O programa Mais Leitura está completando cinco anos este mês, mas este não é o único motivo para comemorar. A iniciativa, que oferece livros para a população com preços populares – entre R$ 2 e R$ 4 –, atingiu a marca dos quatro milhões de exemplares vendidos, beneficiando cerca de 800 mil cidadãos.

Segundo o coordenador do projeto e diretor-presidente da Imprensa Oficial do Estado do Rio de Janeiro, Haroldo Zager, a marca supera todas as expectativas.

– Quando idealizamos o projeto, em 2011, não imaginávamos que chegaríamos a esses números. Minha expectativa, sendo muito otimista, era de atender 500 mil pessoas, mas o projeto cresceu muito – comemorou Haroldo Zager.

A iniciativa, que tem como objetivo principal democratiza o acesso à literatura, é resultado de uma parceria entre o Governo do Estado do Rio e mais de 40 editoras de todo o país. São mais de oito mil títulos disponíveis, com uma variedade de gêneros que surpreende o público. Nas estantes é possível encontrar obras acadêmicas, didáticas, romances, autoajuda, além de clássicos da literatura brasileira.

Haroldo Zager ressaltou também que a iniciativa não visa lucro financeiro.

– Queremos tornar a literatura acessível. Muitas pessoas que gostam de leitura não têm condições de pagar R$ 40 ou mais em um livro – disse Haroldo.

O programa Mais Leitura conta hoje com três unidades físicas: no Rio Poupa Tempo do Bangu Shopping; no Shopping Bay Market, em Niterói; além do recém-inaugurado posto de São Gonçalo, na Rua Coronel Moreira César, s/n°, no centro da cidade. 

O projetista Marcelo Augusto Gonzales Felix, de 43 anos, mudou seus hábitos familiares depois de conhecer o Mais Leitura. Ele, a esposa e os três filhos são frequentador assíduo das unidades de São Gonçalo e Niterói do projeto, e chegam a ir pelo menos uma vez na semana em um dos pontos.

Sempre gostamos muito de ler, mas não tínhamos como comprar muitos livros caros. Depois que conhecemos o Mais Leitura, passamos a ler bem mais. Até mesmo quando fiz minha pós-graduação, consegui comprar exemplares para estudar lá. Faço questão de divulgar o projeto para todos os meus amigos e familiares contou Marcelo.

Desde 2013 o projeto tem também uma unidade itinerante, que já percorreu todos os 92 municípios fluminenses. Através da página do programa Mais Leitura no Facebook, os cidadãos podem acessar o roteiro da versão móvel.

 – Já recebemos muitos pedidos pelo Facebook para levar a unidade para São Paulo, Ribeirão Preto e ao Nordeste. Até pedidos de Belém do Pará já chegaram – contou Zager.

Programa estadual incentiva a formação de novos leitores

Além de democratizar o acesso à cultura, o programa Mais Leitura também tem como objetivo formar novos leitores. Para isso, na hora da escolha dos títulos que serão disponibilizados nas unidades, o público infantil e infanto-juvenil sempre recebe uma atenção especial. Livros voltados para os pequenos leitores são responsáveis por 40% das vendas em todas as unidades do estado.

Mesmo com os resultados positivos, os planos de Haroldo Zager para o programa Mais Leitura não param por ai.

– Acabamos de reinaugurar a unidade de São Gonçalo, e gostaria de conseguir fazer muito mais. Mas para algumas iniciativas precisamos contar com parceiros. Um dos meus sonhos é criar unidades de trocas de livros também. Assim, as pessoas conseguiriam ler ainda mais, gastando ainda menos – disse Zager.

Leia a notícia no Diário Oficial.

Imprimir