Logotipo IOERJPágina Principal
terça, 29 de setembro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Estado e SuperVia entregam estação ferroviária olímpica
em 07/07/2016 09:28:32 (442 leituras)




 O secretário de Transportes, Rodrigo Vieira, e o presidente da SuperVia, José Carlos Prober, entregaram, ontem, a Estação Vila Militar, do Ramal Santa Cruz. Esta é a terceira estação do pacote de obras olímpicas, que contempla a reforma de outras cinco consideradas estratégicas para os Jogos Rio 2016:  São Cristóvão, Engenho de Dentro, Deodoro, Ricardo de Albuquerque e Magalhães Bastos. O valor total do investimento da concessionária é de R$ 250 milhões.

Foram incluídos no processo histórico de reforma: novos acessos por meio de rampas; recuperação da fachada; ampliação do mezanino e das plataformas; instalação de elevadores; cobertura metálica no mezanino e cobertura nas plataformas; iluminação em LED; instalação de piso tátil; construção de banheiros; substituição do modelo de catracas; e implantação de sistema de reuso da água.

Três milhões de lugares

A estação irá atender ao público que for assistir às competições olímpicas realizadas no Estádio de Deodoro, na Arena da Juventude, no Centro Aquático, no Centro Olímpico de Tiro e no Centro Olímpico de Hóquei.

– A Estação Vila Militar é estratégica para a Olimpíada e vai entrar para a história da cidade do Rio de Janeiro, atendendo à população do entorno – destacou o secretário.

A previsão da concessionária é que, no período dos Jogos, sejam ofertados três milhões de lugares nos trens, diariamente, em cerca de 1,6 mil viagens. Além das seis estações olímpicas, as estações Central do Brasil, Intermodal Maracanã e Madureira – reformadas e com acessibilidade plena – também serão fundamentais para o atendimento durante o evento.

Aberta ao público em agosto de 1910, a Estação Vila Militar chega aos 196 anos de existência mais moderna.

– Hoje a Estação Vila Militar está de cara nova. Ainda mais bonita, com itens de acessibilidade – afirmou Prober.

Leia a notícia no Diário Oficial.

Imprimir