Logotipo IOERJPágina Principal
quarta, 30 de setembro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Obras das estações olímpicas aumentam oferta de lugares
em 07/07/2016 09:26:23 (583 leituras)




Faltando menos de um mês para os Jogos Olímpicos, as obras de modernização das estações olímpicas estão em fase final. A estação Vila Militar foi inaugurada ontem. Ricardo de Albuquerque, entregue em fevereiro, e Magalhães Bastos, em junho, completam os espaços para atender ao público que assistirá às competições no Complexo de Deodoro.

A Estação Vila Militar conta com novos acessos por meio de rampas, plataformas cobertas, mezaninos ampliados e iluminação revitalizada. Já no Ramal de Deodoro, a estação que leva o mesmo nome está com 98% das obras concluídas. Integrado ao terminal do BRT Transbrasil, o local recebeu nova bilheteria e espaço para lojas. Para facilitar o acesso de pessoas com necessidades especiais, foram instalados seis elevadores e seis escadas rolantes.

Quem for assistir às competições de atletismo no Estádio Olímpico Nilton Santos vai encontrar a Estação Engenho de Dentro reformulada. O mezanino antigo foi reformado e um novo foi construído mais próximo ao Engenhão. Cinco elevadores e rampas de acesso foram instalados. A cobertura da estação, que é tombada pelo Instituto Rio Patrimônio da Humanidade, também passa por revitalização, obedecendo aos critérios de restauração. Ao final das obras, o local vai dobrar a sua capacidade de receber passageiros, passando para 26 mil diariamente.

– As estações foram modernizadas para atender ao público dos Jogos Olímpicos e ficarão de legado para a população. Essa é a hora de os moradores do Rio de Janeiro e da Região Metropolitana voltarem a utilizar o sistema ferroviário – afirmou o secretário de Transportes, Rodrigo Vieira.

Frota de trens é modernizada

Além das novas estações, os usuários do sistema ferroviário já estão se beneficiando com a modernização da frota de trens. Atualmente, 100 novas composições adquiridas pelo Governo do Estado e outras 20 compradas pela concessionária circulam pelos oito ramais da SuperVia, transportando mais de 700 mil passageiros por dia.

– Há 5 anos, nos comprometemos com a população em fazer uma revitalização histórica desse sistema. As Olimpíadas vieram para nos motivar ainda mais nessa transformação e deixarão um legado para o transporte sobre trilhos. Reconquistamos a confiança dos passageiros e, dia após dia, estamos recuperando a maior malha ferroviária de transporte de passageiros do Brasil – disse o presidente da SuperVia, José Carlos Prober.

Leia a notícia no Diário Oficial.

Imprimir