Logotipo IOERJPágina Principal
sexta, 15 de novembro de 2019
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Pesquisas em Saúde terão aporte de R$ 10 milhões
em 16/05/2016 09:45:35 (462 leituras)




A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação e a Faperj (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro) lançaram edital inédito em apoio ao empreendedorismo e à formação de Startups em Saúde Humana no Estado do Rio de Janeiro. O Startup Bio distribuirá R$ 10 milhões para pesquisadores que atuam no Rio de Janeiro e desenvolvem trabalhos relevantes na área de Saúde Pública, como a criação de novas vacinas, remédios ou produtos para diagnóstico.

– Além de estarmos contribuindo para a cura e diagnóstico de doenças como a zika, chikungunya, dengue ou, até mesmo, o câncer,  também fomentamos a indústria da Biotecnologia em nosso estado. Já estamos fazendo isto com o programa Startup Rio, voltado para o campo da Tecnologia da Informação e Comunicação, e agora o foco é saúde – explicou o secretário Gustavo Tutuca, destacando o esforço do governo para diminuir a participação da indústria do petróleo no PIB do estado.

O edital vai selecionar propostas entre R$ 500 mil e R$ 1,5 milhão com forte potencial de aplicabilidade.

– A seleção será feita por um Comitê Especial de Julgamento, designado pela diretoria da Faperj. Na proposta, os grupos deverão apresentar, entre outras coisas, um resumo dos projetos, os objetivos da pesquisa, deixando claro as metas, o método e os resultados previstos, e os impactos socioeconômicos esperados no Estado do Rio e no país – disse o presidente da Faperj, Augusto Raupp.

Acompanhamento

O programa, que tem duração de 18 meses e vai beneficiar aproximadamente 10 pesquisas, também prevê a criação de uma equipe de Acompanhamento e Avaliação, que vai atuar ao lado dos pesquisadores, com o objetivo de orientá-los e ajudá-los na tarefa de transformar as pesquisas em startups de Biotecnologia.

Com a verba da Faperj, será possível adquirir equipamentos, contratar mão de obra, comprar softwares, realizar viagens e importar material.

Ao final do programa, será realizado um dia de apresentações (demoday) para que o projeto seja demostrado no mercado e obtenha financiamento privado.

Calendário

Orientação para construção de propostas  - Até  4/8/2016

Pré-seleção - De 8/8/2016 a 6/10/2016

Resultado da Pré-seleção - 13/10/2016

Fórum de Melhoria - Até 20/10/2016

Fórum de Seleção - Até 08/12/2016

Resultado da Seleção - Até 22/12/2016

Documentação - Até 19/01/2017

Resultado da Documentação - 26/01/2017

Acompanhamento - a partir de 26/01/2017

Dia de Apresentações - 02/07/2018



Abrangência dos projetos:

fármacos;

medicamentos;

adjuvantes;

hemoderivados e hemocomponentes;

vacinas;

soros;

produtos biológicos ou biotecnológicos de origem humana, animal ou recombinante;

produtos para diagnóstico de uso in vitro.

Leia a notícia no Diário Oficial

Imprimir