Logotipo IOERJPágina Principal
sexta, 18 de setembro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Dia D de combate ao Aedes aegypti mobiliza municípios
em 15/12/2015 09:30:39 (619 leituras)



O Dia D de Combate ao Aedes aegypti, no sábado (12/12), foi marcado por diversas ações educativas em várias regiões do estado. Duas delas aconteceram no Morro da Providência, no Centro, e na Praça Rui Barbosa, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. A convocação para a mobilização começou com a campanha 10 Minutos Salvam Vidas, lançada pela Secretaria de Saúde. O objetivo é o combate aos focos de proliferação do mosquito Aedes aegypti, que além da dengue, também transmite o zika vírus e a febre chikungunya.

“A lição começa dentro da residência de cada um. É fundamental que todos tenham bastante precaução para evitar que o mosquito se prolifere. Vamos manter as caixas d’água fechadas, usar repelente, não deixar acúmulo de água em vasos de plantas e tomar todas as providências necessárias para evitar o foco. Em apenas dez minutos ou menos por semana, conseguimos afastar esse perigo. Contamos com a colaboração de todos”, afirmou o secretário de Saúde, Felipe Peixoto.

No Centro, os agentes de saúde fizeram vistorias nas casas, retiraram entulhos e lixos e conversaram com a população sobre as doenças. Já em Nova Iguaçu, a prefeitura local, em parceria com a Secretaria de Saúde,  distribuiu informativo  e uma revista em quadrinhos que falava sobre as Férias frustradas de verão do mosquito Aedes aegypti, que tenta se proliferar no município, sem sucesso.

A cuidadora Maria Amada fez questão de saber de todas as informações para combater a dengue.


“Minha filha está grávida. É muito importante saber das coisas para a saúde de todos. Assisto sempre os noticiários, vejo onde tem água parada, passo repelente na minha filha, falo para ela usar calça comprida e olho sempre o quintal do vizinho”,  disse Maria.


Postos de saúde

Coordenadora de atenção básica da Clínica da Família, Carolina Cruz enfatizou a necessidade de procurar um posto de saúde. 


“Se tiver com manchas vermelhas pelo corpo, febre, coceira na pele, vermelhidão nos olhos ou dores nas articulações, tem que procurar uma clínica o mais rápido possível”, afirmou Carolina.


O Dia D contou com ações das prefeituras de Saquarema, Macaé e Guapimirim. No dia 19 deste mês, o Dia Z, contra o zika vírus, vai realizar agendas para eliminar os focos.


Leia a notícia no Diário Oficial

Imprimir