Logotipo IOERJPágina Principal
terça, 29 de setembro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Comitiva da China visita Centro Administrativo do MetrôRio
em 21/05/2015 09:26:39 (694 leituras)



Durante visita ao Centro Administrativo do MetrôRio, o primeiro-ministro da China, Li Keqiang, ao lado do governador Luiz Fernando Pezão, conheceu um dos 15 trens chineses que vão circular na Linha 4 do Metrô, que será inaugurada em junho de 2016. Nove composições fabricadas na China já chegaram ao Rio de Janeiro. Até o fim de 2015, outros seis trens vão desembarcar na cidade.

Segundo o primeiro-ministro, a China pretende aumentar seus investimentos no Estado do Rio de Janeiro.

“Os dois governos chegaram a um consenso para ampliar os investimentos na cidade e no Estado do Rio. A parceria vai ajudar a promover empregos, e poderemos atender melhor aos interesses da população”, disse Li Keqiang.

O Governo do Estado já negocia a possibilidade de receber um centro de manutenção de trens em Deodoro, na Zona Oeste, e uma fábrica de composições chinesas para atender a todo o Brasil e a América do Sul. Além disso, pretende viabilizar financiamentos e investimentos para ampliar a malha metroferroviária e aquaviária fluminense.

Segundo o secretário de Transportes, Carlos Roberto Osorio, outro projeto, o da ferrovia Rio–Vitória (ES), também foi discutido com os chineses.

“Eles demostraram interesse em participar do financiamento, da operação e, eventualmente, da construção da ferrovia. O Rio de Janeiro e o Espírito Santo apresentaram um projeto, aprovado pelo Governo Federal, de criação desta ferrovia que vai ligar os portos de Itaguaí, Sepetiba e do Rio à Reduc, ao Comperj, aos portos de Macaé, do Açu, e aos portos Central e de Vitória, no Espírito Santo. Ela faz parte do Plano de Infraestrutura e Logística (Pil), lançado pela União em 2012”, explicou o secretário.

O projeto já está em etapa de finalização e a proposta deve ser levada à Audiência Pública ainda no início do segundo semestre.

“Já avançamos no detalhamento do projeto. Solicitamos ao Governo Federal que ele seja apresentado em Audiência Pública. Quando estiver fechado, levaremos para apreciação do Tribunal de Contas da União (TCU). Nosso objetivo é que a Rio-Vitória esteja no primeiro grupo das novas concessões de ferrovias a ser lançado pelo Governo Federal”, explicou Osorio.


Leia a notícia no Diário Oficial

Imprimir