Logotipo IOERJPágina Principal
quinta, 1 de outubro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Rede estadual de ensino é pioneira na criação do Currículo Básico
em 30/04/2015 09:44:00 (791 leituras)


 O Estado do Rio é o pioneiro na criação de um Currículo Básico para toda a rede de ensino. Essa foi uma das principais ações desenvolvidas pela Secretaria de Educação no ano de 2011, marcado pelo início da implantação do novo Programa de Educação. A iniciativa contribuiu para que os colégios estaduais atingissem as maiores médias do país, segundo dados divulgados pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio de Teixeira), com base no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2013. O projeto também auxiliou o estado no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb): o Rio saiu da 26ª colocação, em 2009/2010, para a 3ª melhor nota de todo o país, em 2013/2014.


A construção de uma base curricular comum, que permita que estudantes de escolas públicas e privadas de todo o país se orientem por um mesmo currículo, é uma das metas do Plano Nacional de Educação (PNE), até 2016. No Rio, o Currículo Básico é composto por 12 disciplinas da Base Nacional Comum, além de Resolução de Problemas Matemáticos, Produção Textual, Conhecimentos Didáticos, Formação Complementar, Fundamentos da Educação, Laboratórios Pedagógicos, Parte Diversificada e Práticas Pedagógicas.

O material tem papel central na política de ensino do estado, com o diferencial da participação ativa dos professores da rede em sua construção, em parceria com especialistas de universidades, considerando as diretrizes curriculares estabelecidas pelo Ministério da Educação. 

Os conteúdos garantem o direito à aprendizagem e, ao mesmo tempo, reduzem a desigualdade entre as escolas, porque todos os alunos têm acesso ao mesmo padrão curricular. Segundo a subsecretária de Gestão do Ensino, Patrícia Tinoco, com o Currículo Básico, os docentes também têm orientações pedagógicas.

“A metodologia oferece interdisciplinaridade, indicações bibliográficas e recursos digitais. O Estado proporciona novos recursos para tornar as aulas mais dinâmicas”, explicou a subsecretária.

 

Iniciativa unifica colégios do Estado

 

A professora Ana Carolina Rodrigues, que leciona Matemática no Colégio Brigadeiro Schort, em Jacarepaguá, afirma que a introdução do Currículo Básico foi benéfica para alunos e docentes.

“ Hoje, quando recebemos estudantes de outras unidades, temos a certeza que eles receberam o mesmo conteúdo”, explicou a docente. 

Ana Carolina lembra, ainda, que o Currículo Básico é de suma importância para os alunos do Ensino Médio que estão se preparando para o Enem e o vestibular.

“O material traz as questões fundamentais que precisamos trabalhar com os alunos que farão avaliações importantes”, afirmou a professora.

O diretor do Colégio Ignácio de Azevedo do Amaral, no Jardim Botânico, José Rodrigues, afirmou que a introdução do material também permite com que os pais acompanhem a vida acadêmica dos filhos.

“A ferramenta permite que informemos o que o aluno está aprendendo em cada semestre”, disse o diretor. 

 

 

Leia a matéria no Diário Oficial
Imprimir