Logotipo IOERJPágina Principal
quinta, 1 de outubro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Comitê de enfrentamento ao crack visita três cidades
em 30/04/2015 09:33:56 (727 leituras)


O Comitê Estadual de Gestão do Plano de Enfrentamento ao Crack, coordenado pela Secretaria de Prevenção à Dependência Química, visitará em maio as instalações e equipamentos voltados para o combate às drogas dos municípios de Nova Iguaçu, São Gonçalo e São João de Meriti.


Além de verificar o funcionamento dos projetos municipais que oferecem assistência aos usuários de entorpecentes, o grupo coletará dados e informações que poderão contribuir para a criação de políticas públicas de prevenção e enfrentamento aos entorpecentes.

 

Orientação para os municípios

 

O comitê atende ao programa federal Crack, é possível vencer, que o estado aderiu em abril de 2012. No total, 13 municípios fazem parte da iniciativa.

 “Estreitar os laços com as cidades e fazer a integração dos diversos atores que compõem o trabalho de prevenção e combate às drogas são essenciais para que a gente obtenha informações relevantes que certamente ajudarão na formulação de políticas públicas”, afirmou a subsecretária de administração da Secretaria de Prevenção à Dependência Química, Sheila Mello, após uma reunião com representantes de Nova Iguaçu, São Gonçalo e São João de Meriti realizada ontem.

A intenção do comitê estadual, que é formado por representantes das Secretarias de Prevenção à Dependência Química, Casa Civil, Assistência Social e Direitos Humanos, Saúde, Segurança e Educação, é organizar reuniões com as 13 cidades ao longo de todo o mês de maio para conhecer os desafios enfrentados pelos municípios, fornecer orientações e também repassar informações ao governo federal sobre as ações dos municípios fluminenses.

“Precisamos ver, na prática, como funcionam os projetos dos municípios e fornecer assessoria e apoio técnicos às prefeituras no planejamento e no monitoramento das ações que fazem parte do programa. Além disso, podemos repassar ao governo federal as dificuldades e sucessos das ações das cidades fluminenses”, explicou a coordenadora do programa Crack, é possível vencer do Estado do Rio, Erigreyce Monteiro.

 

Leia a matéria no Diário Oficial
Imprimir