Logotipo IOERJPágina Principal
sexta, 25 de setembro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Estado inaugura Clínica da Família em São Fidélis
em 27/04/2015 09:33:14 (656 leituras)


O município de São Fidélis, no Norte Fluminense, ganhou uma Clínica da Família, na sexta-feira (24/4). Voltada para o atendimento contínuo aos pacientes, a unidade é essencial para a prevenção e também para o diagnóstico precoce de doenças. Inaugurada pelo governador Luiz Fernando Pezão, a clínica se soma às 11 já entregues pelo Governo do Estado. Outras sete unidades estão em construção nas cidades de Seropédica, Itaguaí, Cardoso Moreira, Conceição de Macabu, São Francisco de Itabapoana, Barra Mansa e Rio Claro.


“Nossa intenção é levar uma Clínica da Família para cada um dos municípios do Rio de Janeiro. Vamos continuar dando apoio às prefeituras. Saúde é prioridade para o nosso governo” afirmou Pezão.

Com investimento de R$ 1,3 milhão para obras e equipamentos, a nova unidade terá capacidade para receber até quatro equipes da Estratégia de Saúde da Família, podendo acompanhar em média 12 mil moradores da sua localidade. 

“A atenção básica é fundamental no contexto da rede pública de Saúde. Estamos atentos às demandas dos municípios porque entendemos a importância do apoio às prefeituras” explicou o secretário de Saúde, Felipe Peixoto.

As Clínicas da Família foram criadas para trabalhar a prevenção, a promoção da saúde, o diagnóstico precoce de doenças e o tratamento. As unidades já existem nas cidades de Niterói, Bom Jardim, Três Rios, Quatis, Búzios, Paty do Alferes, Rio das Ostras, Rio Bonito, Sapucaia, Queimados e Aperibé.

 

Equipe estratégica de saúde

 

As Clínicas da Família do Governo do Estado do Rio seguem o mesmo modelo de estrutura. São 362 metros quadrados de área construída, com cinco consultórios para atendimento médico e para consulta de enfermagem, além de dois consultórios para atendimento odontológico. 

Cada equipe da Estratégia de Saúde da Família é formada por médico, enfermeiro, técnico de enfermagem, odontólogo, auxiliar de saúde bucal e agentes comunitários.

 

Leia a matéria no Diário Oficial 
Imprimir