Logotipo IOERJPágina Principal
terça, 29 de setembro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Barra Mansa recebe 4ª unidade da Organização de Procura de Órgãos
em 24/04/2015 09:27:24 (756 leituras)


O Programa Estadual de Transplantes (PET) inaugurou a quarta Organização de Procura de Órgãos (OPO) do estado este mês. A unidade funciona na Santa Casa de Misericórdia de Barra Mansa – unidade de referência na localidade pela prestação de serviços de cirurgia cardíaca – e tem expectativa de se tornar também exemplo regional na atuação de captação e doação de órgãos e tecidos. A nova OPO funciona 24 horas por dia, atendendo 34 municípios, e dando assistência a 25 hospitais das regiões Centro-Sul, Médio Paraíba e Baía de Ilha Grande, atingindo também a  Região Metropolitana I.


"A abertura de mais uma unidade da OPO é um grande passo para a mudança no cenário da doação de órgãos no estado. Podemos ter toda a estrutura para realizar um transplante, mas, sem o órgão, não temos nada. Por isso, a importância de se desenvolver um sistema forte que tenha capacidade de gerar órgãos e salvar vidas", disse Rodrigo Sarlo, coordenador do Programa Estadual de Transplantes.

 

As OPOs foram criadas com o intuito de descentralizar e aperfeiçoar o processo de doação de órgãos e tecidos, consolidando o trabalho do PET. Elas atuam em conjunto com as equipes já existentes, como o grupo de Terapia Intensiva e a Coordenação Familiar, por exemplo, responsáveis pelo suporte clínico aos potenciais doadores e suas famílias, respectivamente.

 

À OPO cabe a identificação de potenciais doadores, através da busca ativa realizada pela Central Estadual de Transplantes, por meio do Disque-Transplantes (155). A central é também responsável por gerir a lista de receptores, conforme critérios do Sistema Nacional de Transplantes. Após estes processos, o órgão é encaminhado pela equipe do PET para o Centro Transplantador.

 

 

 

Serviço oncológico atenderá à Região Sul Fluminense

 

Além da quarta unidade da OPO, a Santa Casa de Barra Mansa vai abrigar também, em prédio anexo, a Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon). A proposta é realizar tratamento oncológico especializado e integral, ampliando a base de atendimento com material humano e equipamentos de última geração, para a Região Sul Fluminense e municípios vizinhos dos estados de São Paulo e Minas Gerais.

Com inauguração prevista para maio e início do funcionamento em junho, há expectativas de realizar até 2 mil consultas ambulatoriais por mês e 100 procedimentos radioterápicos por dia. Estarão disponíveis na Unacon serviços como fono/psicooncologia, mastologia, cancerologia cirúrgica e clínica, radioterapia (convencional, conformada ou tridimensional), braquiterapia (de alta taxa de dose 2D e 3D), farmácia e enfermagem oncológica.

A Unacon está estruturada em uma edificação de 2.125m² distribuídos em quatro andares, sendo três destinados a uso assistencial e um pavimento técnico.

O prédio dispõe de uma interligação com a Santa Casa, permitindo a transferência de pacientes, caso seja necessário atendimento de emergência, assim como acesso de diversos serviços complementares de apoio ao diagnóstico.

O serviço de quimioterapia pretende atender pacientes adultos, em um ambiente para administração das soluções quimioterápicas composto de dez pontos de infusão, sendo oito poltronas para infusão de quimioterápicos e dois leitos para soluções intravesical.

 

Leia a matéria no Diário Oficial
Imprimir