Logotipo IOERJPágina Principal
sexta, 18 de setembro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Programas rurais estimulam desenvolvimento do interior
em 14/04/2015 09:37:48 (635 leituras)


 Fomentar o desenvolvimento do interior fluminense, oferecendo subsídios para que os municípios consigam se desenvolver e incrementar sua economia, está entre as principais políticas do Governo do Estado. Para isso, vêm sendo implementados programas que têm como foco a promoção de setores como a Pecuária Leiteira, Floricultura, Agroindústria Familiar, Fruticultura e Produção de Carne e Leite, através da concessão de linhas de crédito e incentivos fiscais. Juntos, os projetos reúnem investimentos de R$ 81,7 milhões concedidos com recursos do Tesouro Estadual, beneficiando milhares de produtores em todo o estado.


“Esses programas vêm auxiliando no desenvolvimento da economia de milhares de famílias rurais fluminenses, já que criam estruturas para que elas permaneçam com dignidade no campo”, disse o secretário de Agricultura, Christino Áureo.


 

Em 2009, o Estado lançou o Rio Leite, buscando atrair a instalação de novas fábricas lácteas e usinas de beneficiamento de diferentes portes através da concessão de incentivos fiscais. Com a criação do programa, a indústria leiteira fluminense vem se consolidando como uma das mais importantes do país, agregando 51 novas unidades produtoras de leite e derivados no estado, reunindo investimentos de R$ 410 milhões e a criação de 26,3 mil empregos. Além disso, o projeto ajudou a modernizar 42 cooperativas agropecuárias e de laticínios com crédito de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) no total de R$ 60 milhões, gerando cerca de 6,3 mil empregos.

 No mesmo ano, foi criado o Rio Genética, que visa melhorar o rebanho e aumentar a produção leiteira. O projeto já é responsável pela introdução de 11 mil animais de alto padrão genético nos criadouros fluminenses, democratizando o acesso de pequenos produtores a matrizes e reprodutores com aptidão leiteira. Até agora, foram R$ 35 milhões em investimentos e cerca de 1 mil produtores beneficiados com concessão de crédito. Além disso, animais participantes do projeto já alcançaram recordes de produção de leite e sêmen.

 

Alimento com qualidade

A produção de carne no estado também recebeu atenção especial nos últimos anos. O programa Rio Carne foi concebido para estruturar a cadeia produtiva no estado, atraindo empresários de alto nível tecnológico e  capacitando os já estabelecidos, elevando a competitividade e atratividade fiscal para os empreendimentos. O projeto visa ordenar a estrutura de abate para a oferta ao consumidor de alimento com qualidade e garantia de procedência. Assim como o Rio Leite, a iniciativa se propõe a impulsionar a instalação de empresas com a concessão de incentivos fiscais.

 

Leia a matéria no Diário Oficial
Imprimir