Logotipo IOERJPágina Principal
terça, 22 de setembro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Idosos começam a receber o cartão Cuidados Especiais
em 20/02/2014 09:49:20 (893 leituras)



A Secretaria de Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida e o Instituto Vital Brazil iniciaram ontem a entrega dos primeiros cartões Cuidados Especiais à população idosa que necessita de fraldas geriátricas. O cartão, que é recarregado mensalmente com R$ 76,80, permite a compra do insumo em drogarias de todo o estado.

Aproximadamente 780 idosos de Niterói, Petrópolis, Volta Redonda e Resende que participam do programa Farmácia Popular já realizaram o recadastramento para iniciarem o uso do benefício e começam a recebê-lo na próxima semana. Outros cerca de 30 mil usuários do programa se recadastraram este mês e, em breve, também vão ganhar o cartão.

Entre as vantagens da iniciativa está a possibilidade de obter as fraldas em qualquer estabelecimento, possibilitando que a compra seja feita nas proximidades de casa ou mesmo entregue na residência. O usuário terá ainda como escolher entre uma variedade maior de modelos, marcas e tamanhos. 

Nos casos em que a aquisição for feita nos estabelecimentos com selo Aqui Tem Farmácia Popular é possível acumular os dois benefícios, ou seja, utilizar o desconto em até 120 fraldas por mês, e o crédito do cartão.

Redução de gastos

Filha de Georgina Rodrigues, de 76 anos, Roseli comemorou a entrega do benefício. A dona de casa, que cuida da mãe, considera a iniciativa uma boa maneira de reduzir os gastos, que são altos por conta dos remédios que Dona Georgina toma diariamente.

"A iniciativa é ótima. Minha mãe está doente e usa com frequência fraldas geriátricas", disse Roseli.

Para a funcionária pública Olga Muniz, que cuida da mãe Ruth Silva, de 81 anos, o cartão facilitará a vida de muitas pessoas da terceira idade.

"Utilizo o serviço da Farmácia Popular, mas ainda tenho que adquirir por contra própria mais fraldas. Esta ajuda é muito importante, já que o cartão permite a compra em qualquer local", afirmou a funcionária pública.


Leia a matéria no Diário Oficial

Imprimir