Logotipo IOERJPágina Principal
quinta, 27 de fevereiro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Maternidade do Rocha Faria ganha espaço exclusivo para adolescentes
em 07/02/2014 09:38:59 (2412 leituras)



O número de nascimentos de filhos de mães menores de idade no Estado do Rio é maior do que o de mães acima dos 35 anos. A estatística se confirma no dia a dia das maternidades estaduais. No Hospital Rocha Faria, a incidência de gravidez na adolescência entre as pacientes varia entre 20 e 25% dos casos atendidos na maternidade. Para se adequar a esta realidade, gestantes de 12 a 18 anos que a partir de agora derem entrada em trabalho de parto na unidade serão atendidas em local criado especialmente para elas.

Mudança na forma de acolhimento.

Instalado em uma sala climatizada e decorada, o Espaço Jovem Mãe conta com dois leitos. As adolescentes serão acompanhadas tanto antes quanto depois do parto, por equipamentos que monitoraram mãe e filho.

“É muito importante uma correta abordagem da gravidez nas mães adolescentes, até porque as complicações obstétricas são maiores entre as gestantes nesta faixa etária. O espaço representa uma mudança na forma de acolhimento desta gestante. Para dar sequência ao atendimento, a adolescente será encaminhada para um serviço de referência em planejamento familiar” explicou o coordenador da maternidade do Rocha Faria, Juciney Pacheco.

Foco no parto humanizado.

Com foco no parto humanizado, o espaço é equipado com instrumentos diferenciados – como bola de pilates, barras e cadeira especial –, que funcionam como alternativas aos medicamentos que normalmente são usados para diminuir as dores e melhorar a dilatação das jovens mães.

No primeiro contato, a adolescente já fica conhecendo os integrantes da equipe de atendimento direto, formada por um médico, uma enfermeira obstétrica e dois técnicos de enfermagem, que permanecem o tempo inteiro ao lado da parturiente. Além da equipe, a jovem pode escolher familiares para ficarem ao seu lado durante o processo.

As equipes do Espaço Jovem Mãe receberam treinamento especial e serão exclusivas do setor. O projeto prevê, ainda, orientações sobre cuidados bucais e kit de higiene pessoal para a mãe, e um kit mãe coruja com enxoval para o bebê.

“As gestantes terão todo o suporte diferenciado que uma adolescente deve ter na hora do parto. Isso elimina um aspecto de tensão, que pode ser prejudicial para grávidas e crianças” disse a superintendente de Unidades Próprias da Secretaria de Saúde, Valéria Moll.


Leia a matéria no Diário Oficial

Imprimir