Logotipo IOERJPágina Principal
domingo, 20 de setembro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Bairro Novo gera empregos nos municípios beneficiados
em 19/11/2013 09:42:47 (727 leituras)



Pai de sete filhos, o pedreiro José Barbosa Cruchewski fala com orgulho do seu novo emprego. Desde agosto deste ano, ele trabalha nas obras do Bairro Novo em Figueira 2, no município de Nova Iguaçu, onde também mora. Lá, o programa vai possibilitar a drenagem, pavimentação, construção de meio -fio e calçada em 5,6 quilômetros de ruas. Antes das obras, além de desempregado, José era obrigado a passar pelo meio do esgoto para chegar até a sua casa. Assim que soube do início do programa no município, ele correu para se inscrever e, na semana seguinte, foi contratado. Pedreiro com experiência no setor, José admite que tem mais cuidado na revitalização do próprio bairro.

"A gente sempre dá uma caprichada maior", afirmou José.

A maioria dos trabalhadores empregados nas obras mora nos 19 municípios beneficiados pelo programa Bairro Novo. Só em Nova Iguaçu, dos 472 profissionais, 282 residem no local, segundo dados da construtora que realiza as obras. A previsão é de que este número dobre até janeiro. O engenheiro que coordena o trabalho no Figueira 2, Ronaldo Vieira, afirma que 90% dos operários que estão empregados no bairro são moradores.

"É muito mais fácil lidar com o próprio morador, porque ele conhece o bairro, sabe onde estão os problemas. Além disso, ele chega mais rápido, não tem problema de trânsito", afirmou o engenheiro, que também é morador do município.

O programa Bairro Novo vai beneficiar 131 bairros espalhados pela Região Metropolitana do estado. Além de Nova Iguaçu, os municípios atendidos são Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Itaboraí, Itaguaí, Japeri, Magé, Mangaratiba, Maricá, Mesquita, Nilópolis, Niterói, Paracambi, Queimados, São Gonçalo, São João de Meriti, Seropédica e Tanguá.

Prioridade na contratação.

Dados da Secretaria de Obras mostram que cerca de 3,3 mil trabalhadores foram empregados nas intervenções. De acordo com o superintendente de Obras Rodoviárias da secretaria, Luiz Vasques, as empresas que venceram as licitações receberam a orientação de dar prioridade aos moradores na hora da contratação.

"É muito gratificante poder proporcionar à população um meio de ganhar a vida honestamente e ajudar neste esforço que o governo está fazendo. Eles são grandes parceiros do Estado", explicou Vasques.

A recomendação dada às empresas tem sido seguida à risca. Em São Gonçalo, onde acontecem obras em 14 bairros, por exemplo, dos 150 funcionários, 120 são munícipes. Já em Itaboraí, dos 137 empregados, 115 moram na cidade. Em Guapimirim, dos 35 contratados, 28 vivem no local. No município de Magé, dos 87 operários, 74 são moradores dos bairros beneficiados pelo programa.


Leia a matéria no Diário Oficial

Imprimir