Logotipo IOERJPágina Principal
segunda, 28 de setembro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Salão do Livro incentiva o hábito da leitura em escolas estaduais
em 13/11/2013 09:50:00 (923 leituras)



O sétimo Salão do Livro, iniciativa da Secretaria de Educação, foi aberto ontem, na Cidade Nova, para diretores, professores e alunos da rede estadual de ensino. O evento é uma das ações do Programa de Leitura, que tem como objetivo incentivar o gosto pela literatura por meio da realização de atividades pedagógicas.

O Estado disponibilizou R$ 3,5 milhões para atender a todas as instituições de ensino, que podem adquirir livros com descontos de 30% sobre o preço de capa (catálogo) nos 87 estandes que oferecem 5 mil publicações de 140 selos editoriais.

Desde dezembro de 2007, o Salão do Livro tem promovido o estímulo à prática da leitura fazendo com que as unidades da rede acrescentem aos acervos de suas bibliotecas e salas de leitura diversas publicações.

Diretora do Colégio Estadual Alfredo Pujol, que fica em Rio Claro, no Médio Paraíba, Clarice Melchior Barbosa veio em busca de novos livros para a instituição. Com uma extensa lista de publicações, ela espera atrair cada vez mais alunos para o ‘universo da leitura’. A unidade educacional atende a cerca de 200 jovens.

"Incluímos na lista livros que nossos alunos pediram e selecionamos publicações ligadas às nossas atividades pedagógicas", disse a diretora.

Para a agente de leitura Mônica Santos de Souza, do Ciep Professora Roza Ferreira de Mattos, em Duque de Caxias, a iniciativa tem estimulado mais alunos a lerem.

"A nossa biblioteca tem mais de quatro mil livros. A compra de publicações que interessem aos nossos estudantes e às ações de ensino será fundamental", explicou Mônica.

A estudante Quezia Cabral, de 18 anos, do Colégio Nilo Peçanha, em São Gonçalo, aprovou o evento.

"Estamos no momento de desenvolver o gosto pela leitura. Um evento como este desperta a curiosidade de alunos, professores e diretores", afirmou a jovem.

Colega de Quezia, Ruth Vital, de 16 anos, aproveitou o Salão para ajudar na escolha das publicações para sua escola.

"É divertido poder dar sugestões de livros", disse Ruth.


Leia a matéria no Diário Oficial

Imprimir