Logotipo IOERJPágina Principal
domingo, 27 de setembro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Governo firma convênio com FBI para capacitar policiais civis e militares
em 05/11/2013 10:50:00 (728 leituras)



 O FBI, Agência Federal de Investigação dos Estados Unidos, iniciou ontem o curso de técnicas básicas de investigação criminal para cerca de 40 policiais civis e militares. As aulas – que acontecerão durante uma semana – são resultado de um convênio entre a Secretaria de Segurança e a Embaixada dos Estados Unidos. O objetivo é aprimorar os conhecimentos de práticas investigativas dos agentes fluminenses. Outras dez qualificações do mesmo modelo já foram ministradas para os policiais do Rio, com temas que vão deste gerenciamento de grandes eventos até a investigação de crime organizado. 

Além do FBI, a secretaria realizou parceria com a Embaixada da Espanha, ministrando aulas sobre o controle de multidões, distúrbios civis e policiamento turístico.

"No futuro, estes policiais vão estar nas suas delegacias e batalhões trocando informações e desenvolvendo ainda melhor os seus trabalhos", explicou a superintendente de Educação da Secretaria de Segurança, Luciane Patrício.

O cônsul do setor

político-econômico do Consulado Geral dos Estados Unidos no Rio, John Callan, que esteve no lançamento do curso, no Palácio Guanabara, acredita que a meta seja criar uma rede que proteja os cidadãos dos dois países.

"Nós queremos trabalhar juntos no combate à criminalidade", disse Callan.

Já para o adido-adjunto do FBI, David Williams, a troca de experiências será o ponto forte do curso.

"Queremos saber como o Brasil faz as suas investigações para também aprimorar os nossos métodos", afirmou Williams.

Segundo o tenente-coronel Márcio Monteiro, que trabalha no setor de Inteligência da secretaria, é preciso adaptar a teoria abordada no curso para a realidade do Rio.

"O Estado nos deu a possibilidade de enxergar como outras sociedades realizam as atividades de segurança pública", explicou o policial. 

Policiais militares da Corregedoria Geral Unificada, Corregedoria da PM e Delegacia de Polícia Judiciária Militar, e agentes de delegacias distritais e especializadas participam da qualificação.


Leia a matéria no Diário Oficial

Imprimir