Logotipo IOERJPágina Principal
terça, 29 de setembro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Alunos da rede estadual são exemplos de sucesso no vestibular
em 04/11/2013 12:50:00 (947 leituras)



 Alunos da rede estadual registraram excelente desempenho no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2012 e garantiram vagas em disputadas universidades federais. O bom resultado é fruto do esforço individual, das aulas extras oferecidas nas escolas e do apoio dos professores. Morador do Complexo da Maré, Jonathan Caroba, de 18 anos, orgulha-se em dizer que é o primeiro integrante da família a cursar o Ensino Superior.  Ex-aluno do Colégio Estadual José Leite Lopes (Nave), na Tijuca, o jovem não apenas conquistou uma vaga no curso de Jornalismo da Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) no vestibular de 2012, como ainda se destacou no processo, obtendo a terceira colocação entre os mais de mil estudantes que disputavam 50 vagas na concorrida carreira. Para ele, a dedicação aos estudos e o estímulo dos pais e professores foram fundamentais.

"Meu pai é porteiro e minha mãe, empregada doméstica. Eles sempre me estimularam a estudar em casa para conseguir entrar em uma boa faculdade.

No ano do vestibular, intensifiquei este hábito e também tive a ajuda de professores do colégio, que fizeram “aulões” de recuperação de todo o conteúdo voltado para o exame seletivo e passaram exercícios de treinamento. Sou o primeiro da família a chegar até a faculdade", afirmou Jonathan, que atualmente estagia no Nave, onde fez Ensino Médio Integral aliado a uma formação técnica em Roteiro para Mídias Digitais.

A jovem Adriana Mariana Oliveira, de 19 anos, que cursou o Ensino Médio no Colégio Estadual Jornalista Tim Lopes, em Ramos, também colhe os rendimentos de sua dedicação. Ela foi aprovada, em 2012, para o curso de Engenharia de Produção da Uerj – um dos mais concorridos da universidade – logo no primeiro vestibular que prestou. A estudante disse que o segredo para superar os concorrentes é priorizar o estudo.

"O principal é ter foco, estudar todos os dias e fazer exercícios de provas anteriores. Os professores do meu colégio ajudaram muito, porque prepararam aulas intensivas para o vestibular. Isso foi muito útil, já que tive oportunidade de tirar dúvidas", disse Adriana.

Outro exemplo de êxito escolar, Melina Pires, de 19 anos, foi aprovada no curso de Pedagogia na UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) após conquistar a nota máxima na redação. Na ocasião, a moradora de Piabetá, que fez o Normal no Colégio Estadual José Veríssimo, em Magé, também se inscreveu em um pré-vestibular do Cederj (Centro de Educação a Distância do Estado do Rio de Janeiro) para ajudar na preparação.

"Como o curso Normal não aborda todas as disciplinas cobradas no Enem, contei com a ajuda do pré-vestibular do Cederj. Lá, tive acesso a muito material didático, recebi dicas de professores e acho que isso fez toda a diferença, já que na época eu trabalhava e não podia me dedicar 100% aos estudos", afirmou Melina.

Resultados positivos

O secretário de Educação, Wilson Risolia, elogiou o desempenho de alunos da rede estadual.

"Basta dar oportunidade que nossos jovens vão longe. Em 2012, nossa rede foi a melhor do Enem entre as estaduais no país", disse Risolia.


Leia a matéria no Diário Oficial.

Imprimir