Logotipo IOERJPágina Principal
quinta, 1 de outubro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Imprensa Oficial : Livro de ficção é lançado na Sala de Cultura Leila Diniz
em 01/11/2013 14:50:00 (866 leituras)



No dia 29 de outubro, a Sala de Cultura Leila Diniz recebeu a autora Angela Gemésio, com o lançamento de seu oitavo livro Você foi o momento do meu amor, obra de ficção que cria debates sobre o tempo e o momento. Além disso, Angela encenou com sua equipe de atores, fragmentos da peça inspirada no livro.

Autora de Ei! Meu e Detalhes de uma mente louca, ela conta o que o leitor pode esperar da história. “É uma ficção com um molho temperado da vida. Eu questiono os momentos, os labirintos da vida, a alma”. Segundo a própria escritora, a obra aborda temas metafóricos, complexos e filosóficos.

A peça de teatro, que aconteceu logo após o lançamento, e contou com um show de iluminação, teve a participação de dois músicos (violoncelista e flautista) e da cantora e escultora Sandra Belém, que também levou algumas de suas peças para a apreciação do público no jardim da Sala de Cultura. Angela disse que introduziu músicas no espetáculo porque acredita que canções fazem parte do teatro.

A presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Niterói, Franci Machado Darigo, prestigiou o evento e rasgou elogios à peça e à autora. “Conheço a Angela há muito tempo e mesmo assim ela me surpreende a cada espetáculo. Ela teve, e tenho certeza que ainda terá uma carreira brilhante pela frente tanto como atriz quanto como escritora, pois suas ideias são bem delineadas. Seus textos são tão sensíveis e profundos, como foi na peça que acabamos de assistir, Você foi o momento do meu amor, que marca todos nós. Angela sabe como atingir o mais fundo da alma humana."

A Sala de Cultura Leila Diniz se destaca pelas modernas instalações projetadas para abrigar atividades variadas, desde exposições até apresentações musicais, onde o público também tem a chance de apreciar o jardim externo do local, inspirado na obra do paisagista Burle Marx. 

 







Imprimir