Logotipo IOERJPágina Principal
terça, 14 de julho de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Alunos da rede privada buscam vagas em escolas estaduais
em 27/09/2013 09:54:47 (1005 leituras)


Letícia Oliveira, de 16 anos, sempre estudou em escolas particulares e, ano passado, passou por uma peneira semelhante à do vestibular para entrar no Colégio Chico Anysio. Ela é exemplo de alunos que disputam 5% de vagas destinadas a jovens oriundos da rede privada no processo seletivo para as unidades de Ensino Médio Integrado da rede estadual.

A adolescente fez parte dos 2.950 estudantes matriculados em escolas particulares que se inscreveram, em 2012, na seleção. Eles estavam de olho nas 53 oportunidades destinadas àqueles que desejam um ensino de qualidade de graça. Para o ano letivo de 2014, foram oferecidas 1.050 vagas para este público.

- Posso dizer que o ensino daqui é até melhor do que o particular - disse Letícia.

Também aluna da unidade, Lívia Baptista, de 15 anos, atendeu ao pedido da mãe, que queria aliviar as contas com colégio sem abrir mão da qualidade. Estudou e conseguiu conquistar uma das 13 vagas no Chico Anysio destinada a estudantes da rede privada.

- Confesso que não queria deixar meu colégio antigo, mas agora estou adorando. Não fico apenas na sala de aula, participo de vários projetos e acredito que não vou precisar de cursinho para entrar na faculdade - afirmou a adolescente.

A reputação das unidades de Ensino Médio Integrado também despertou o interesse de Pedro Lira, de 14 anos. Aluno do 9° ano de um colégio particular de Vila Isabel, ele encara intensa rotina de estudos para ter êxito na prova. O processo seletivo para 2014 abriu 1.250 oportunidades para dez unidades, incluindo as três bilíngues de Francês, Espanhol e Inglês.

- Já peguei provas passadas e estou estudando. Meus amigos se inscreveram para o Nave, mas quero o Chico Anysio. Meus professores estão falando que ele chega a ser melhor do que alguns colégios particulares - explicou o candidato.

Para Fábio Milioni, diretor do colégio escolhido por Pedro, a grande procura de alunos da rede privada pelas escolas estaduais representa quebra de paradigmas.

- No passado, a educação pública era vista como de qualidade e estamos vivendo uma retomada desta época - afirmou o diretor.

Leia a matéria no Diário Oficial.

Imprimir