Logotipo IOERJPágina Principal
sábado, 11 de julho de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Ações sociais do Estado e parceiros beneficiam mais de 6 mil pessoas
em 18/09/2013 09:23:20 (811 leituras)




Com uma rede extensa de parceiros dos setores público e privado, o RIOSOLIDARIO – Obra Social do Rio de Janeiro vem trabalhando para ampliar as possibilidades de inclusão social de mais de 6 mil jovens em situação de risco, portadores de necessidades especiais, moradores de comunidades pacificadas e adolescentes em conflito com a lei. O papel de articulação da Obra Social conta com uma série de iniciativas.

- Queremos permitir que estas pessoas possam se desenvolver  por meio desta grande rede de parceiros - explicou a presidente do RIOSOLIDARIO, Daniela Pedras.

Em parceria com a Nova Cedae e o Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), 359 adolescentes em situação de risco e vulnerabilidade social, com idades entre 16 e 21 anos, já participaram de atividades nos setores Administrativo, Contábil, Financeiro, de Informática e Comercial. Desde 2009, a Cedae dedica 100% de suas vagas de estágios para educandos do programa Jovem Aprendiz, ação do Ministério do Trabalho e Emprego.

Os aprendizes cumprem jornada de trabalho de seis horas, em quatro dias, e recebem auxílio-alimentação, vale-transporte, Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e férias.

Thayná Cavalcanti Bandeira, de 18 anos, é uma das jovens contempladas pelo programa. Na Cedae, a adolescente realiza atividades administrativas.

- Criei mais responsabilidade e aprendi a conviver com as pessoas no ambiente de trabalho. A experiência está sendo muito boa. Vou levar o que aprendi na Cedae para toda a minha vida. Tenho o sonho de ser engenheira - disse Thayná.

Antes de ingressar no Jovem Aprendiz, Thayná participou do programa Emplacando Vidas, parceria da Obra Social com o Detran, onde adolescentes realizam funções como o emplacamento de veículos. O Departamento de Trânsito do Estado do Rio também participa do Passo a Passo, onde jovens promovem campanhas de conscientização no trânsito.

Aproximadamente 5 mil adolescentes em conflito com a lei também foram beneficiados pela parceria entre o Novo Degase (Departamento Geral de Ações Socioeducativas), o RIOSOLIDARIO e organizações públicas e privadas. Eles participam de oficinas de auxiliar de cozinha, cabeleireiro e manicure, e montagem e manutenção de microcomputadores.

A Obra Social do Rio de Janeiro foi a responsável ainda por encaminhar moradores de comunidades pacificadas e portadores de necessidades especiais para os cursos de Auxiliar de Cozinha e Lactarista desenvolvidos pela empresa Masan com o apoio das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), a ONG Entre Amigas e o MetrôRio. Cerca de 770 pessoas já foram contempladas pela qualificação.

Uma das beneficiadas pela ação é Ana Bispo, de 40 anos, que trabalha em uma creche.

- Estava desempregada. Entrei no curso para me tornar auxiliar de cozinha achando que o mercado estava fechado para mim por conta da minha idade e descobri que tenho muitas oportunidades pela frente. Espero crescer profissionalmente - afirmou a moradora do Morro do Turano.

Leia a matéria no Diário Oficial.

Imprimir