Logotipo IOERJPágina Principal
sábado, 11 de julho de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Delegacias reforçam pacificação em comunidades
em 17/09/2013 09:57:40 (896 leituras)


Até janeiro de 2014, o Governo do Estado dará início à implantação de quatro delegacias nos mesmos moldes das UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) na Rocinha, em Manguinhos e nos complexos do Alemão e da Maré – que, até lá, já terá sua UPP instalada. As novas unidades vão integrar as polícias Civil e Militar, consolidando a política de pacificação de comunidades fluminenses, que já beneficia cerca de 1,5 milhão de pessoas. Nestas áreas, portanto, a PM fará o policiamento preventivo, enquanto a Polícia Civil ficará responsável pelo registro e pela investigação de crimes.

Segundo o secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, será realizado um concurso público para admitir 150 delegados (uma parte deles destinados às novas delegacias) e 1,2 mil inspetores, que devem estar aptos para o trabalho em dezembro. O secretário também disse preferir que a maior parte dos cargos seja ocupada por mulheres, que seriam  mais sensíveis para lidar com o processo de pacificação.

Além de facilitar o acesso dos moradores à Polícia Civil, permitindo que façam os registros de ocorrência com maior rapidez e sem grandes deslocamentos, as novas delegacias vão também ajudar a desafogar as unidades dos arredores das áreas com UPPs.

- A criação das delegacias em áreas pacificadas ou em vias de ocupação está sendo elaborada há bastante tempo e segue um padrão de qualidade, com critério de seleção. Levamos em conta a quantidade de moradores e o número de registros de ocorrência feitos nas delegacias das áreas onde ficam essas comunidades: Rocinha, Manguinhos e os complexos do Alemão e da Maré são maiores que muitas cidades do interior - disse Beltrame.

Seguindo o modelo de estrutura física das delegacias legais, as novas unidades contarão com policiais e equipamentos novos. No Complexo do Alemão, por exemplo, está sendo estudada a possibilidade de utilizar parte da estrutura das estações de teleféricos. Já na Rocinha haverá uma parceria com a Prefeitura do Rio.

Aumento no contingente de policiais

Segundo Beltrame, as novas delegacias fazem parte de um planejamento para a área de segurança que vai até 2018, elaborado em conjunto com as polícias Militar e Civil. Um dos principais pontos do programa é que, até o fim de 2014, o Estado do Rio conte com pelo menos 40 UPPs. Outro ponto importante é aumentar o contingente de policiais dos atuais 8.592 – distribuídos em 34 áreas historicamente conflagradas – para mais de 12 mil.

Leia a matéria no Diário Oficial.

Imprimir