Logotipo IOERJPágina Principal
sábado, 11 de julho de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Corpo de Bombeiros reforça efetivo para ampliar segurança de banhistas
em 04/09/2013 11:51:58 (867 leituras)




Trinta e sete bombeiros militares vão reforçar o efetivo de operadores de resgate no mar no Estado do Rio de Janeiro. O grupo se formou ontem no 3º Curso de Operador de Embarcações de Resgate (Coer), que prepara guarda-vidas para atuar com recursos de apoio para salvamentos, como botes e jet skis. Participaram desta edição da capacitação, que durou três meses, militares de Saquarema, Macaé, Campos, Cabo Frio, Niterói e Rio de Janeiro.

"A sociedade demanda do Corpo de Bombeiros uma constante especialização. O grupamento marítimo é uma unidade altamente especializada, que faz um trabalho muito difícil. Esta é a terceira turma do processo de evolução de um trabalho muito importante", disse o secretário de Defesa Civil e comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Sérgio Simões.

A programação do curso de operador de embarcações de Resgate incluiu aulas teóricas e práticas. A capacitação abordou temas como manobras de atracação, transposição de arrebentação, treinamento com vítima, além de checagem de pré-operação e operação dos equipamentos e ações de prevenção.

"O operador trabalha dando apoio ao guarda-vidas. Recursos como motos aquáticas e botes devem ser empregados na hora certa", disse o diretor do curso, coronel José Maria Filho.

De acordo com o coordenador do treinamento, major Fernando Melo, cerca de 120 homens já participaram da capacitação, que teve sua primeira turma formada em 2011.

"Eles enfrentaram situações adversas, mares bravios, temos tecnologia hoje que não perde para  nenhum outro lugar. Estas máquinas potencializam o salvamento da população", afirmou o major.

Guarda-vidas na Praia de Copacabana, o bombeiro militar Marco Antonio Gonzales, de 38 anos, aperfeiçoou as noções que já tinha sobre salvamento.

"Aprendemos a operar com embarcação. Só guarda-vidas podem fazer esta capacitação. É uma espécie de extensão", afirmou Gonzales.

Leia a matéria no Diário Oficial.

Imprimir