Logotipo IOERJPágina Principal
quarta, 26 de junho de 2019
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Cadastre-se agora.
Notícias
Diário Oficial : Cerro-Corá recebe a Caravana do Trabalho
em 07/06/2013 09:47:18 (1554 leituras)


Três dias depois de ganhar uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), a comunidade do Cerro-Corá, no Cosme Velho, recebeu a Caravana do Trabalho, ação social da Secretaria de Trabalho e Renda, que oferece serviços gratuitos e orientações para a população. O projeto itinerante ficará disponível para os cerca de 4,5 mil moradores das comunidades de Guararapes, Vila Cândido e Julio Ottoni durante todo o mês de junho, de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h.

A população poderá  emitir a 1ª e a 2ª vias da carteira de trabalho, além de se cadastrar no balcão de empregos do Sine (Sistema Nacional de Empregos). Trabalhadores do comércio local terão acesso ao serviço de microcrédito, com empréstimos a juros reduzidos. Outro serviço importante oferecido pela Caravana é a Ouvidoria do Trabalho, que orienta os moradores sobre questões trabalhistas e previdenciárias, como seguro-desemprego,

piso salarial, INSS, Fundo de Garantia, PIS e rescisão contratual.

Atendimento especializado para as mulheres.

Além disso, pela primeira vez, a Unidade Móvel de Atendimento à Mulher marcará presença na comunidade, com serviços voltados para o público feminino, dentre eles o microcrédito, cursos de qualificação profissional e oficinas de empreendedorismo com aulas de artesanato. Também são fornecidas informações sobre a nova lei que rege as relações trabalhistas entre patrões e empregadas domésticas.

A estudante Joyce Delfino, de 16 anos, que mora desde a infância no Cerro-Corá, buscou o auxílio do projeto para procurar seu primeiro emprego.

- Quero começar a trabalhar e vim até a Caravana para buscar informações. Eles me deram indicações de programas de jovens aprendizes e folhetos explicativos. Fiquei muito feliz que o projeto tenha chegado até a minha comunidade, pois vai facilitar o acesso dos moradores a vários serviços importantes - disse adolescente, que pretende trabalhar como atendente.

Imprimir