Logotipo IOERJPágina Principal
terça, 29 de setembro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Pacote de obras beneficia moradores de Bom Jesus do Itabapoana
em 06/05/2013 10:40:03 (2056 leituras)




BOM JESUS DO ITABAPOANA
– O Estado entregou, na sexta- feira (3/5), um pacote de obras que vai beneficiar os moradores de Bom Jesus do Itabapoana, no Noroeste Fluminense.  O trecho de 7,5 quilômetros da rodovia municipal, importante via de escoamento agropecuário, foi pavimentado, e a ponte sobre o Córrego Braúna, concluída. O município recebeu ainda um complexo poliesportivo, no bairro Sebastião Pimentel Marques, que já atende diariamente cerca de 500 pessoas, entre crianças, jovens e idosos.

Com investimento total de R$ 12,5 milhões, a pavimentação do trecho, que liga a localidade de Pirapetinga à Barra de Pirapetinga, foi executada pelo DER-RJ (Departamento de Estradas de Rodagem). O órgão, vinculado à Secretaria de Obras,  também construiu a ponte que vai facilitar a mobilidade dos moradores da área.

Para o morador da cidade Oseias Lopes de Freitas, de 44 anos, a estrada é fundamental. Ele e os amigos João Marcos Medeiros, 35, João Batista, 47, e Adilson Freitas, 43, passam diariamente pelo trecho asfaltado, que era um entrave para carros e ônibus escolares, principalmente quando chovia.

- O acesso era difícil. Estamos muito felizes com esta obra - afirmou Oseias.

Urbanização está em andamento

Orçadas em R$ 880 mil, as obras do complexo poliesportivo integram o programa Somando Forças. No local, a Secretaria de Esporte e Lazer, por meio do projeto Rio 2016, oferece aulas de futebol de areia e de campo, judô, handebol e vôlei.

Somadas às intervenções de urbanização em andamento, com recursos de R$ 320 mil,  os investimentos totalizam R$ 1,2 milhão. O pacote de infraestrutura inclui ainda pavimentação de ruas em paralelepípedos, construção de meio-fio em concreto e drenagem pluvial.

Mãe de Jefferson, de 8 anos, Andréia Oliveira, de 38 , comemora o novo espaço.

- As crianças brincavam em um terreno sem nada. Era um espaço abandonado que agora preenche a vida da gente - disse Andréia.

Leia a matéria no Diário Oficial.

Imprimir