Logotipo IOERJPágina Principal
terça, 29 de setembro de 2020
Entrar
Usuário:

Senha:

Lembrar-se



Esqueceu a senha?

Notícias
Diário Oficial : Hospital Estadual da Criança supera meta de atendimento
em 02/05/2013 10:00:58 (1558 leituras)




Inaugurado em março com a proposta de ser um polo de atendimento ao paciente pediátrico nas áreas de cirurgia ortopédica e geral, oncologia e transplante, o Hospital Estadual da Criança, em Vila Valqueire, vai fechar o segundo mês de funcionamento com duas grandes vitórias: a realização dos primeiros transplantes de fígado e de rim e as primeiras cirurgias oncológicas da unidade, ambas com sucesso.  Ao todo, já foram feitos mais de 130 procedimentos na nova unidade.

Com o diagnóstico de um tumor abdominal, Gabriel, de três anos, foi o primeiro paciente oncológico operado no hospital. O menino, que deve passar por nova cirurgia e quimioterapia, recebeu alta na segunda-feira (29/4)  e retornou para a primeira consulta de rotina no pós-operatório.

- Fiquei muito preocupada quando falaram que meu filho estava com câncer, mas acredito muito na cura dele. Deu tudo certo na cirurgia e agora ele vai ter que fazer quimioterapia. Gabriel é muito forte, até mais do que eu. Quero que meu filho fique saudável - disse a mãe do menino, Elizete da Silva.

A direção do Hospital Estadual da Criança informa que a equipe está apta a receber todos os pacientes pediátricos que hoje aguardam para realizar uma cirurgia de urologia no Hospital Federal de Bonsucesso.

- Estamos funcionando a pleno vapor. O nosso objetivo para o primeiro mês era realizar 35 cirurgias, mas já fizemos 42. No segundo mês, mesmo antes de encerrar o período de 30 dias, já superamos a meta em 28% - afirmou a diretora Heloísa Aranha.

Além das operações oncológica e de transplante, foram realizadas nestes dois primeiros meses 70 procedimentos ortopédicos, 51 gerais e uma biópsia, além de 297 consultas ambulatoriais. Para ser atendido, a unidade de origem deve cadastrar o paciente na Central Estadual de Regulação.

Espaço valoriza a humanização

A unidade estadual também valoriza o ambiente que prioriza o conceito de humanização, decorado de forma lúdica para promover o bem-estar dos pequenos pacientes.

O maior exemplo disso pode ser visto no tomógrafo computadorizado, que simula uma nave espacial. A sala onde fica o aparelho também tem as paredes estampadas com estrelas e planetas.

- Queremos que a entrada do paciente seja menos traumática. Por isso, fizemos um ambiente colorido, trabalhado com cromoterapia, cheio de movimentos para que eles possam se sentir à vontade. Essas iniciativas propiciam um ambiente leve, qualidade no atendimento e aumentam as chances de uma cura em curto prazo. A unidade é pioneira na saúde do estado e me orgulha muito - disse o secretário de Saúde, Sérgio Côrtes.

Leia a matéria no Diário Oficial.

Imprimir